????????????????????????????????????

O técnico Guido Quêtto gostou da postura de sua equipe no empate na noite da última quinta-feira com o Rondoniense em 2 a 2, no estádio Aluízio Ferreira, pelo primeiro jogo da final do segundo turno do Campeonato Estadual 2016.

Guido Quêtto havia comentado no vestiário sobre o poder ofensivo do Rondoniense. “Sabemos que é uma grande equipe e muito bem dirigida. Nós sabíamos que teríamos dificuldades como tivemos, mas nossos atletas também foram aguerridos e fomos buscar duas vezes em que estivemos atrás no placar”, analisou.

Para o treinador, esta partida foi bastante especial. No início do ano, Guido Quêtto fez parte da comissão técnica do Rondoniense no primeiro turno, comandando a preparação física do Periquito. Já no segundo turno, o profissional teve a oportunidade de ir para o Genus. “Confesso que na preleção cheguei até as lágrimas lá falando nisso. Deus é maravilhoso, Ele faz as coisas certinhas e dá oportunidade sempre nas horas certas. Eu nunca pensei que estaria no segundo turno contra minha ex-equipe e dirigindo a equipe, mas o mundo do futebol é dessa forma”, acrescentou.

No domingo, o Genus enfrenta o Atlético Acreano no estádio Aluízio Ferreira, pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro 2016. “Vamos continuar o trabalho. Vamos fazer um trabalho no sábado pela manhã já para posicionar já que alguns atletas que não podem atuar no estadual como é o caso do Souza, Sandrinho e Aldrey. Estou muito satisfeito com minha equipe, pois fizeram o que pedi de fato, tivemos o revés de tomar um gol de bola parada, mas é trabalhar e concertar os erros para o próximo jogo”, finalizou.

Genus e Atlético Acreano se enfrentam no domingo, às 18 horas (horário de Rondônia), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Jogo marcou o reencontro do técnico Guido Quêtto com o Rondoniense. Foto: Alexandre Almeida
Fonte: Futebol do Norte
Facebook Comments