piciReunidos pelo presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani, líderes de alguns partidos da base do governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição, formalizaram nesta segunda-feira apoio ao tucano Aécio Neves na disputa pela Presidência da República e lançaram a chapa “Aezão”: Aécio-Pezão.

Em jantar de quase três horas com Aécio, 45 parlamentares, prefeitos e dirigentes partidários prometeram trabalhar pela vitória do tucano no terceiro maior colégio eleitoral do País. “Quero repetir o que ouvi hoje, que vamos ganhar com o Aezão”, disse o Aécio na saída do jantar, em um restaurante da zona sul.

Os peemedebistas deixaram o encontro com expectativa de que o PSDB feche uma aliança pela reeleição de Pezão, apesar de os tucanos terem feito oposição ao ex-governador Cabral durante sete anos. “Estamos discutindo essa questão, vamos encontrar a melhor forma de estarmos juntos”, afirmou Aécio.

“Este é o maior ato político da campanha no Rio de Janeiro. Este é um fato político que demonstra que está acontecendo algo no Brasil que merece reflexão. Setores que em algum momento estiveram na base do governo do PT percebem que quem está sendo punido por esse desgoverno, pelo crescimento pífio, pelo retorno da inflação são os que mais acreditaram no governo do PT”, declarou o tucano.

O PMDB passou a trabalhar pela candidatura de Aécio desde que, no fim do ano passado, o PT-RJ lançou a candidatura do senador Lindbergh Farias ao governo do Estado. Picciani tem arregimentado correligionários para a campanha do tucano apesar de Pezão e Cabral continuarem aliados de Dilma e terem manifestado apoio à reeleição da presidente.

Da Agência Estado

Facebook Comments