nivelO rio Madeira subiu mais 8 centímetros nas últimas 24 horas e alcançou a marca de 19,65 metros na manhã de hoje. Com o aumento do nível, a Caerd começa a ter problemas.  O perigo de  rompimento de adutoras, alagamento de estações de tratamento de água (ETA), podem comprometer a captação de água. O nível do rio Madeira, que inclusive, há mais de 30 dias vem batendo recorde diário de elevação, deve subir ainda mais podendo superar os 20 metros até a primeira semana de abril, uma vez que a cheia de outro grande rio, o Mamoré, só piora também a cada dia no oeste do estado. Toda a água que inunda neste momento áreas de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, obrigatoriamente passa por Porto Velho e em 11 dos seus 13 distritos.
Um terceiro, o Guaporé, também está transbordando entre Cabixi e Costa Marques, na fronteira com a Bolívia, antes de alcançar o rio Mamoré, na região de Guajará-Mirim.
Em resumo, Rondônia enfrenta um “efeito dominó”, onde rios em sequência convergem para uma cheia sem precedentes ainda jamais vista na região de Porto Velho.
Maisro.com com informações da CPRM e G1
Facebook Comments