NEM QUEM QUER VAI: NENHUM BLOCO SERÁ AUTORIZADO A DESFILAR EM PORTO VELHO

Siça Andrade, presidente da  BVQQ
Siça Andrade, presidente da BVQQ

Não adianta espernear. Os foliões da Banda do Vai Quem Quer vão ter que esperar uns dias, talvez um mês, para ir à avenida desfilar. Não haverá autorização para nenhum bloco desfilar neste sábado. Portanto, a Banda do Vai Quem Quer não vai poder arregimentar seus 100 mil brincantes como vem alardeando nas redes sociais pela presidente da banda, Siça Andrade, a herdeira do general da banda, Manelão Mendonça.

Na página da banda, no detalhe em círculo vermelho, o aviso: tempestade
Na própria página da banda, no detalhe em círculo vermelho, consta aviso: possibilidade de tempestade. Clique na imagem para ampliar.

A medida, além de ser para a segurança dos foliões, tem por objetivo destinar todo o efetivo de policiais e bombeiros para socorrer as vítimas das enchentes em Porto Velho e distritos. Além de vir muita água ainda da Bolívia,a previsão é que chova bastante no dia 1 de março (sujeito a tempestade), próximo sábado de carnaval. A decisão final foi batida ontem, terça, pelo secretário da SESDEC, Marcelo Bessa, Na página dele no Facebook, ele ratificou a decisão. “Na reunião desta manhã (ontem) no Gabinete de Gestão Integrada, ocasião em que se fizeram presentes representantes de instituições públicas como a PRF, MP, PM, BM, PC, órgãos municipais, Fundação Cultural, bem como, na segunda fase da reunião, representantes de diversos blocos; ficou decidida suspensão dos serviços de suporte dos órgãos públicos aos blocos e desfiles à unanimidade, em vista da decisão do Poder Público Municipal de suspender o carnaval de rua. Todos as instituições presentes entenderam inoportuna a realização destes eventos no atual cenário de Situação de Emergência decretada, o que tem exaurido os recursos humanos e materiais destes órgãos empenhados nas ações de defesa civil e apoio a estas. Portanto, não estão autorizados pelo município de Porto Velho o uso das vias públicas urbanas para tal finalidade e, em consequência, não será empregado policiamento ou efetivo de pronto-socorrismo dos Bombeiros especificamente para isso.
Do exposto, solicitamos a compreensão da sociedade portovelhense e aguardemos o momento oportuno para as comemorações em situação de normalidade. Boa noite!”. O carnaval foi cancelado também em Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Rio Branco (AC), Ouro Preto do Oeste. A população de Ariquemes também quer que seja cancelado o carnaval.

Chega de gastar dinheiro com porcaria e arrumem as ruas do município, ajudem a saúde, e no que mais for preciso, carnaval não precisa de dinheiro público.
Chega de gastar dinheiro com porcaria e arrumem as ruas do município, ajudem a saúde, e no que mais for preciso, carnaval não precisa de dinheiro público.

Fonte: +RO com página do Facebook

Facebook Comments