Uma mulher foi detida e depois encaminhada para atendimento médico após agredir e xingar um rapaz homossexual durante um surto na rodoviária de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuaiba-MT). Funcionários registraram a agressão no domingo (28), que começou porque ela não teria aceitado o distanciamento obrigatório. As informações são do site Gazeta Digital

De acordo com as testemunhas, ela foi ao local comprar uma passagem de ônibus, mas não aceitou ficar na fila e respeitar a distância entre as pessoas. Ao ser alertada pelo funcionário das medidas de segurança, começou a fazer ameaças e agredir o jovem.

Durante as agressões, às quais o jovem não reagiu, ela dizia frases como: “Você sabia que veado vai para o inferno?”, “eu tenho nojo de veado”. Apesar dos pedidos do funcionário, ele só recebeu ajuda com a chegada da polícia.

Segundo a família da mulher, ela sofre de transtornos mentais e toma remédios controlados. Horas antes ela saiu sem ser vista de um hospital na cidade e foi para a rodoviária, onde realizou as agressões.

Após o registro do boletim de ocorrência, ela precisou ser contida pelo Corpo de Bombeiros para ser levada novamente para o hospital.

Facebook Comments