Atividades presenciais do MPF foram suspensas para evitar a contaminação da covid-19

Em portaria, o Ministério Público Federal (MPF) determinou o adiamento do retorno das atividades presenciais para 1° de dezembro, em Rondônia. A volta ao trabalho presencial começaria a partir de 4 de novembro, por meio de um sistema de rodízio.

As outras normas estabelecidas para o retorno ao trabalho presencial permanecem sem alterações. De forma gradual, o trabalho presencial será inicialmente limitado a 25% do total de pessoal de cada unidade, sejam eles procuradores, servidores, estagiários, voluntários ou prestadores de serviços. O número de pessoas por sala será limitado a um. Portadores de doenças respiratórias crônicas, gestantes, pessoas com filhos menores de 24 meses ou que vivem com idosos ou portadores de doenças crônicas que as tornem vulneráveis à covid-19, maiores de 60 anos, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos deverão continuar em teletrabalho.

Após o retorno, as pessoas que entrarem no MPF em Rondônia serão obrigatoriamente submetidas a protocolos sanitários com o objetivo de prevenir a covid-19. As atividades presenciais do MPF foram suspensas para evitar a contaminação da covid-19. Para utilizar um serviço, recomenda-se dar preferência ao atendimento remoto.

Maneiras de entrar em contato com o MPF:

MPF Serviçoshttp://www.mpf.mp.br/mpfservicos
Recepção: (69) 3216-0500
Sala da Cidadania: prro-seac@mpf.mp.br / (69) 3216-0519 ou 3216-0599
Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão: prro-gabpr1@mpf.mp.br / (69) 99249-0535
Procuradoria Regional Eleitoral: prero@mpf.mp.br / (69) 99221-2535

 

 

Íntegra da portaria

Facebook Comments