MP obtém condenação de acusado de matar professor na zona rural de Ministro Andreazza

 

O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Cacoal, obteve, na última quinta-feira (11), condenação do réu Eduardo Ebermann, acusado de praticar o assassinato do professor Adriano Albuquerque.

Segundo denúncia do MP, o crime aconteceu em 5 de maio de 2020, no início da noite, na Linha 03, Lote 04, Gleba 03, bairro zona Rural de Ministro Andreazza/RO, Comarca de Cacoal. Conforme consta, o réu matou a vítima utilizando-se de golpes de martelo, por motivo torpe, com utilização de meio cruel, à traição e de forma dissimulada, o que dificultou a defesa do ofendido.

Os jurados reconheceram a prática de homicídio triplamente qualificado, furto e ocultação de cadáver, afastando a tese defensiva que buscava o reconhecimento de homicídio privilegiado.

A pena restou fixada em 17 anos de reclusão, a ser cumprida em regime fechado.

Facebook Comments