Aluizio Vidal, foi candidato ao Senado Federal em 2014
Aluizio Vidal, candidato ao Senado Federal
Aluizio Vidal, candidato ao Senado Federal

O movimento que ganhou as ruas do País pedindo o fim da corrupção em junho do ano passado (2013), deixou raízes profundas e que hoje, mesmo tendo sumido da mídia, continua crescendo e ganhando novos adeptos de vários segmentos. Em Porto Velho, por exemplo, um grupo de jovens acadêmicos e secundaristas está defendendo uma postura política interessante e que hoje já é adotada por municípios do interior do Estado: a de só votar em políticos que são de sua região. Pelo menos um candidato ao Senado e dois a deputado federal pela Capital tem condições de vencer o pleito eleitoral. O pastor Aluízio Vidal (PSOL), candidato ao Senado Federal, tem ganhado substanciais apoio nas redes sociais e pode ser a surpresa destas eleições. Vidal já foi candidato ao governo de Rondônia e à prefeitura da Capital.

Natural de Dourados (MS), Aluízio Vidal, 42, está há 20 anos em Porto Velho e é pastor da Igreja Presbiteriana do bairro Cuniã. Além de teólogo. Formado em psicologia pela UNIR, mestrando em teologia pela Escola Superior de Teologia de São Leopoldo (RS) e professor de psicologia pastoral no Instituto Metodista da Amazônia.

O Pastor Aluizio Vidal acredita “que é possível fazer política de uma forma diferente, e essa adesão da Frente Cristã ao projeto do PSOL reforma nossas esperanças de que estamos no limiar de um novo tempo”.

Concorrem para deputado federal representando Porto Velho a ex-senadora Fátima Cleide e o sindicalista Itamar Ferreira, ambos do PT. Fátima Cleide e Itamar Ferreira tem grandes chances de se elegerem.

box1

Para esta eleição, o movimento “Porto Velho vota em Porto Velho” já está articulando algumas ações para alertar o eleitor de Porto Velho e tentar mudar um pouco da consciência do eleitorado na hora do voto. “Estamos atuando principalmente com as lideranças de bairros, escolas e movimentos sociais e culturais. Estamos percebendo uma mudança gradativa nesse processo de politização. Esse movimento dentro de poucos anos vai ser um dos grandes avanços sociais para nossa cidade”, frisou a acadêmica de Direito da Unir, Hemily Cristina.

Fonte: Maisro.com Com informações do NewsRondonia.com

Facebook Comments