Motoristas de aplicativos fecham estrada do Belmont e cobram redução de combustível e gás de cozinha

A estrada do Belmont, no bairro Nacional, em Porto Velho, foi fechada por um grupo de Um grupo de motoristas de aplicativos. De acordo com o presidente da entidade que congrega motoristas de aplicativo, Thiago Teixeira, os trabalhadores pedem a redução no valor cobrado pelo combustível e gás de cozinha.

A via dá acesso às distribuidores de combustíveis que recebem os produtos vindos de
balsa de Manaus (AM).

O movimento é diferente do que está acontecendo no município de Candeias do Jamari.

No local não passa nenhum caminhão-tanque e produtos derivados de petróleo. Carros de passeio, motocicletas e caminhão com destino aos frigoríficos da região estão passando normalmente na barreira.

“Nós queremos uma resposta do nosso governador, porque 60% do nosso faturamento vai para abastecer os veículos”, disse.

 

Facebook Comments