O motorista do carro modelo Onix, que atingiu a vítima segue preso. 

Um jovem de 18 anos, condutor do carro modelo Corolla, que teria participado de um racha que terminou em tragédia na última sexta-feira (24) no Espaço Alternativo, em Porto Velho (RO), se apresentou nesta quarta-feira (29) na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV). O ciclista Tiago da Silva Santos, 22, foi atropelado e morto.

Em depoimento na delegacia, o jovem motorista do Corolla disse que não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas negou que estivesse participando de racha (corrida) com o carro Onix.

Após ser interrogado, o jovem foi liberado por estar fora do flagrante. O caso será apurado pelo delegado Sandro Moura, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida. O jovem levou o Corolla até a delegacia e o veículo foi apreendido pelo delegado.

O motorista de aplicativo Gabriel V. D. P., 24, condutor do carro modelo Onix, que atingiu a vítima segue preso.

Facebook Comments