O aposentado disse que está passando fome
Servidores pedindo alimentos no centro do Rio/ Foto reprodução Hora 1
Servidores pedindo alimentos no centro do Rio/ Foto reprodução Hora 1

O Brasil está prestes a conhecer o modo PMDB de governar. O virtual presidente Temer já anunciou arrocho. Dias piores virão.

No Rio de Janeiro, os servidores estaduais estão há meses sem receber. Governado pelo PMDB há mais de dez anos, começou com Sérgio Cabral eleito e reeleito e ainda fez o sucessor, Luiz Fernando Pezão, que hoje está licenciado. A crise no Rio de Janeiro teve início há mais de um ano, quando Pezão anunciou que o Estado estava sem caixa para pagar servidores. A crise só se agravou chegando ao cúmulo de quatro meses de atraso, inclusive de aposentados que deram, a vida pelo Estado.

 

 

O aposentado disse que está passando fome
O aposentado disse que está passando fome

No jornal Hora 1 de hoje, terça-feira, 26 de abril, aposentados denunciaram que estão literalmente passando fome. Veja o link AQUI

Não bastasse isso, o governo peemedebista que administra também a capital fluminense tem provocado mortes. Recentemente uma obra que beneficiaria a população, acabou em tragédia. A ciclovia recentemente inaugurada pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB) ruiu após uma forte onda ter rompido parte da passarela. Duas pessoas morreram. A obra foi construída por amiguinhos do prefeito.

Da redação Mais RO

Facebook Comments