Ministro do Meio Ambiente é alvo de operação da PF sobre exportação de madeira

RIO DE JANEIRO/BRASÍLIA (Reuters) – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira investigação para apurar suspeita de crimes de corrupção e facilitação de contrabando praticados por agentes públicos e empresários do setor madeireiro na exportação de madeira, tendo como um dos alvos o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

A PF informou em nota que cumpre no total 35 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Pará e Distrito Federal, e que o Supremo Tribunal Federal (STF) também determinou o afastamento preventivo de 10 autoridades do Ministério do Meio Ambiente e do Ibama.

“As investigações foram iniciadas em janeiro deste ano a partir de informações obtidas junto a autoridades estrangeiras noticiando possível desvio de conduta de servidores públicos brasileiros no processo de exportação de madeira”, afirmou a PF em nota.

Fonte: IstoÉ

Facebook Comments