Meu voto é Expedito Júnior para governador de Rondônia e Haddad para presidente!

0
1219
Expedito e Marcos Rogério declaram apoio à Bolsonaro. Foto Marcelo Gladson


Por Roberto Kuppê (*)

Utilizo este espaço, escrevendo na primeira pessoa. É muito pessoal este depoimento. Mais do que um depoimento, um pedido aos meus amigos da esquerda, do PT, do PSOL, da Rede, do PCdoB, do PSTU, do PSB e PDT. Quero o melhor para o Brasil e para Rondônia.

Rondônia! Temos dois candidatos ao governo. O primeiro, que liderou as pesquisas durante o primeiro turno, é Expedito Júnior, do PSDB. Um tucano! Sim, vou votar nele. Tenho acompanhado a campanha do candidato. Suas propostas se aproximam muito das propostas progressistas. Ele defende o meio ambiente, as mulheres, as crianças. Defende o emprego, a geração de renda e o desenvolvimento com respeito à natureza e ao meio ambiente. Foi o único candidato que assinou o compromisso na defesa das mulheres. É do povo. Se mistura ao povo. Recebe na própria casa, abrindo mão da privacidade. Não faz diferença entre pobres e ricos. Atende a todos sem distinção. Ouve bastante. Gosta de ouvir a sociedade. Não tem preguiça. Acorda cedo. Eu disse cedo! Às 5 horas da manhã já está de pé cumprindo agenda.

O principal de Expedito Júnior é que ele mantém o que disse desde o início da campanha: não fazer acordos, não fazer conchavos políticos. Como disse, eu tenho acompanhado ele nas caminhadas, não vi nada que eu pudesse dizer: “ah, ele já está com fulano, beltrano, corruptos!”. Não! Ele está fazendo campanha praticamente sozinho. Sem conchavos, sem acordos.

Expedito Júnior tem uma capacidade, uma percepção política ímpar. Há questão de três meses, num encontro casual, ele me disse: “O Marcos Rogério vai se eleger senador. E digo mais, vai ultrapassar Confúcio Moura”. Eu olhei pra ele, pensei comigo mesmo: “Está doido. Baseado em que? Eu não gosto deste cara. Votou pelo impeachment de Dilma, a favor da reforma trabalhista”. Não acredito, disse a Expedito. “Pois você vai ver”. E não deu outra. Marcos Rogério não só se elegeu, como obteve uma votação histórica: 320 mil votos! Ultrapassou com folga Confúcio Moura que obteve 230 mil votos. Marcos Rogério fez campanha pra Bolsonaro em Rondônia desde o início. Expedito Júnior também fechou apoio ao candidato do PSL à presidência da República. Uma decisão pessoal dele que respeito. Sou Haddad!

Outro fator que me leva a votar em Expedito é o fato de ele jogar limpo. Não é chegado atacar, espalhar fake news. Ao contrário dos recentes convertidos à seguidores do candidato Plano B do MDB, Marcos Rocha que estão com uma máquina de fake news nas mãos. Marcos Rocha que começou a campanha de forma inexpressiva, hoje é o queridinho do MDB. Nada contra Confúcio Moura, meu amigo de longas datas. O melhor governador que Rondônia já teve! Assino embaixo. Mas, MDB já deu! Raupp e Marinha foram defenestrados pelo eleitor. Confúcio é a última bandeira do MDB.

Marcos Rocha que faz campanha pregando a nova política, teria fechado com o MDB, PDT, PTB, PP, PR, PSDC, PRB, PQP! Se juntou a notórios investigados na Lava Jato (tem vídeos que comprovam). À corruptos condenados e até presos! Essa estranha aliança gerou conflito entre os correligionários do PSL, a ponto de haver um rompimento entre dirigentes do partido. Bolsonaro poderá ser prejudicando no Estado por conta destas alianças espúrias e estapafúrdias. O que para mim é excelente. Sou Haddad! Nesta semana, revelações bombásticas prometem enterrar de vez a candidatura de Marcos Rocha. A conferir.

Sou Haddad!

Peço aos amigos que analisem a maneira de fazer campanha do Bolsonaro, totalmente criminosa, centrada na mentira através de fake news. Se não bastassem as notícias falsas espalhadas contra Fernando Haddad (PT), eles fazem questão de serem maus, perversos. A morte daquele capoerista baiano é a medida certa de como agem os bolsonaristas. Pior do que o assassinato, foi a relativização do crime praticado contra um cidadão indefeso. Bolsonaro classificou o crime como”excesso”. Excesso de que? De facadas? Não precisavam 12 facadas? Podiam ser só três? Bolsonaro se expressou assim e ainda disse: “O que eu tenho a ver com isso?”.

Outra mentira deslavada espalhada pelos bolsonaristas é a edição de um tal kit gay que nunca existiu. Segundo os fascistas, o tal kit gay é uma cartilha para ensinar crianças a serem gays. Quanta mentira. O esforço do governo petista era no sentido de combater a homofobia, o preconceito e o racismo. Também o PT não é a favor do aborto. Isso é uma discussão da sociedade. Eu, por exemplo, sou peremptoriamente contra o aborto. Sou pela vida. Contra a pena de morte.

A máxima da demagogia de Bolsonaro é que ele diz ser contra o aborto (duvido), mas, no entanto, é a favor da morte de pobres e negros que ele confunde com bandidos. Ele é a favor de armar a população  para se defender de bandidos. Ora, a maioria dos crimes é cometida por pobres e negros, boa parte jovens. As propostas de Haddad caminham no sentido contrário: em vez de armas, colocar livros nas mãos dos jovens. Só a educação liberta.

Voltando ao termo aborto, o dono da Igreja Universal e da Rede Record, Edir Macedo, declarou apoio à Bolsonaro. Mas, Edir Macedo declarou (tem vídeo) que é a favor do aborto. Como fica esse apoio agora?

(*) Roberto Kuppê é jornalista

 

 

Facebook Comments