Médica e enfermeira são processadas após bebê cair de incubadora em UTI

Médica e enfermeira que estavam na UTI neonatal no momento em que um bebê de 3 meses caiu de uma incubadora em uma maternidade particular em Belém (PA) são investigadas por lesão corporal, omissão de socorro e abandono de incapaz pela Polícia Civil do Pará.

Segundo o programa Fantástico, da Rede Globo, os pais da menina entraram com um processo cível pedindo que a maternidade pague indenização pelo acidente. Durante uma saída da mãe da UTI neonatal da Maternidade Saúde da Criança, as câmeras registram a queda da criança, depois de ter sido colocada por uma técnica de enfermagem no equipamento.

O vídeo revelado pelo programa mostra que uma das travas da incubadora não foi fechada e, após a menina começar a se mexer, a lateral do equipamento se soltou e ela caiu de uma altura de 1,4m, a uma velocidade estimada em 18 km/h, até o chão.

Fonte: Metropoles
Facebook Comments