Mediação tecnológica: Proposta para a educação de Marcos Rocha preocupa professor

0
958
Marcos Rocha não está preparado para governar Rondônia


MEDIAÇÃO TECNOLÓGICA

A Educação, no estado de Rondônia, tem sofrido duros golpes, em função da ação de políticos despreparados, desinformados, sem conhecimento da realidade e sem compromisso com a qualidade do ensino.

Nesse sentido, sentido, o debate de ontem à noite, 18 de outubro, entre os candidatos que disputam o Governo de Rondônia foi muito esclarecedor.

O candidato Coronel Marcos Rocha declarou no debate que, caso seja eleito, vai intensificar a aplicação do programa de ensino pela MEDIAÇÃO TECNOLÓGICA, que foi implantado no governo Confúcio Moura. Para quem não conhece o programa, funciona assim: NÃO PRECISA TER PROFESSOR. Basta gravar as aulas de TODAS AS MATÉRIAS em um PENDRIVE e mostrar os vídeos aos alunos. Após passar aqueles vídeos por dois meses, com diferentes gravações, o governo envia as provas em um envelope para que os alunos façam.

Esse sistema é uma tragédia, porque não tem qualidade nenhuma. Nesse sistema, uma única pessoa, QUE PODE SER O INSPETOR DE PATIO DA ESCOLA, dá aulas de todas as matérias, usando um PENDRIVE. Imagine UMA ÚNICA PESSOA explicando e tirando as dúvidas dos alunos SOBRE TODAS AS MATÉRIAS. Um candidato que fala que vai melhorar a educação do estado ampliando a MEDIAÇÃO TECNOLÓGICA para todos os municípios não sabe o que está falando, não entende nada de educação e não pode ter os votos de pessoas que desejam uma educação de qualidade.

Como professor da Rede Pública e como eleitor, quero registrar meu protesto contra esse tipo de absurdo que está sendo proposto, como forma de melhorar a educação. A MEDIAÇÃO TECNOLÓGICA é um dos piores atrasos na educação de um estado. Que coisa absurda!!!

FRANCISCO XAVIER GOMES
Professor da Rede Estadual

Facebook Comments