NEM BLOCO E NEM VAI QUEM QUER: CARNAVAL DE PORTO VELHO ADIADO EM SOLIDARIEDADE AOS DESABRIGADOS PELA ENCHENTE

Tempo chuvoso e enchente adiam carnaval de Porto Velho
Tempo chuvoso e enchente adiam carnaval de Porto Velho. Foto Marcelo Gladson.

O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSDB), decidiu agora há pouco, as 19hs desta segunda-feira, que não vai ter carnaval. Nenhum bloco está autorizad0 sair nos dias de carnaval. Nem Banda do Vai Quem Quer, Pirarucu do Madeira, Cristal. Nenhuma escola de samba, nada. “Gostaria que os senhores compreendessem os problemas pelos quais estão passando centenas de famílias afetadas pelas enchentes do rio Madeira”, pediu o prefeito a uma plateia composta por dirigentes de blocos, bandas e escolas de samba, além da imprensa. Alguns representantes de blocos protestaram, afinal, gastaram muito com abadás e na contratação de segurança, trio elétricos, grades, banheiros químicos, além de taxas pagas ao Município.

Quem mais se exaltou foi o advogado Segismundo,  presidente do bloco Pirarucu do Madeira. Ele bateu o pé e disse que o bloco dele ia desfilar de qualquer maneira na terça de carnaval. Ia, não vai mais.  Quem gostou do adiamento foram as escolas de samba. Não por causa da enchente. Mas, por falta de recursos, já que o Ministério Público embargou os recursos que seriam utilizados para comprar fantasias e alegorias. Amanhã, terça, o prefeito assina o  Decreto de Ação de Calamidade Pública na cidade de Porto Velho.

Mapa do Climatempo indica que sábado, 1 de março vai chover torrencialmente
Mapa do Climatempo indica que sábado, 1 de março vai chover torrencialmente. Clique na foto para ampliar.
O adiamento do carnaval não podia ter sido mais providencial. Para o sábado, dia 1 de março, segundo o Climatempo, está previsto o início das pesadas chuvas sobre Porto Velho (veja no mapa). De hoje, 24 a 28 de fevereiro o tempo será estável com pouca chuva. Apesar de pouco chuva na semana, o nível do rio Madeira vai continuar subindo, devido ao degelo dos Ande e às fortes chuvas que caem na Bolívia, cujo volume dágua vem direto para Rondônia.
FONTE: +RO
Texto e Fotos: Marcelo Gladson
Facebook Comments