O período de matrícula escolar para as crianças e adolescentes venezuelanas, também, para aos filhos dos indígenas venezuelanos, que teve início dia 10, se encerra nesta quinta-feira (12), em Porto Velho.

“Em reunião de planejamento para ações específicas para atendimento dos venezuelanos residentes em nossa cidade, ficou acertado que a chamada escolar seria dos dias 10 a 12 de dezembro. Dessa forma até a próxima quinta-feira as 17 horas estão abertas as matrículas para as crianças e adolescentes venezuelanas”, disse o psicólogo Geovany Lima, da equipe de Abordagem Social da Semasf.

As matrículas estão sendo realizadas, no modelo presencial, na Escola Municipal Escola Municipal Antônio Ferreira, à rua Duque de Caxias, bairro São Cristóvão. Para as crianças e adolescentes indígenas venezuelanos a Semasf oferece transporte para os interessados realizarem as matrículas.

A secretária adjunta da Semasf, Ana Maria Negreiros, que está na condução desse trabalho, disse que o que é possível a prefeitura fazer na questão dos imigrantes venezuelanos, está fazendo, contando com a importante ajuda de várias parcerias, importantíssimas nesse momento.

 

 

Facebook Comments