BRASILIA- O senador Marcos Rogério (DEM-RO), integrante da CPI da Covid, demorou, mas respondeu à provocação do youtuber Felipe Neto que disse que o parlamentar era “vergonha para o povo de Rondônia”. A resposta do parlamentar à provocação foi ironizada pelo influenciador no Twitter.

“Esse Senador Marcos Rogério serve pra mostrar o que o partido DEM realmente é: Uma cadelinha dos interesses econômicos. Onde está o dinheiro e a oportunidade, eles defendem. Senador, o senhor é uma vergonha para o povo de Rondônia”, escreveu Felipe Neto na rede social.

O senador então respondeu à crítica com referências indiretas ao PT, associando o youtuber ao partido. “Felipe Neto não me conhece, nem ao DEM. Não somos nós quem nos alinhamos política e ideologicamente com os que saquearam os cofres brasileiros e financiaram ditaduras. Dinheiro que faz falta ao Brasil, inclusive para combater a pandemia. Isso sim é vergonhoso. Lamentável”, afirmou o senador.

O youtuber então ironizou o comentário: “Acreditem, a resposta do Senador Marcos Rogério para meu tweet sobre ele ser uma vergonha ao povo de Rondônia foi: E o PT?”.

Se o senador não sabe, o DEM, com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral é um dos partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção desde 2000.

O DEMOCRATAS, com 69 cassações, tem o equivalente a 9,02% de todos os políticos cassados no período de apuração, sendo o campeão. Logo em seguida aparecem PMDB, PSDB, PP e PTB.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e texto que diz "Leonardo Boff @Leo... 5min... Faz vergonha ver que gente da base do governo na CPI como o obsessivo Marcos Rogério e Girão colocarem o dinheiro da eventual corrupção dos governadores como mais importante que identificar os responsáveis pelas 436 mil vidas ceifadas pelo vírus.O dinheiro vale mais que a vida?"

Facebook Comments