Uma operação com mais de 70 policiais militares da tropa de choque, helicópteros, avião e forças de segurança pública já está montada nas proximidades da fazenda Nossa Senhora Aparecida, em Chupinguaia, interior de Rondônia.

O local foi alvo de uma tomada de terra por parte de membros da Liga dos Camponeses Pobres – LCP e teve o conflito intensificado após a prisão de três policiais militares que de acordo com o Ministério Público – MP/RO, trabalhavam como capangas

Após uma “chamada” do governador, a SESDEC entrou de vez no caso, sob o comando do Coronel Hélio Pachá, enviou toda a
logística necessária para o cumprimento do mandado de reintegração de posse da fazenda ao seu dono original.

Secretário da SESDEC, Coronel Hélio Pachá foi pessoalmente ao local

“Em nome do nosso governador Coronel Marcos Rocha agradecemos ao empenho de cada um dos policiais, e nos colocamos a
disposição com todo o aparato tecnológico, administrativo e logístico da SESDEC para termos êxitos em mais essa ação”, disse
o Coronel Hélio Pachá.

Ainda de acordo com o secretário da SESDEC, as famílias que tomaram a fazenda serão retiradas com todo o respeito garantido
pelos direitos humanos e tudo será acompanhado pelo ocial de Justiça, dando início ao que será uma nova fase na questão
dos conflitos de terra em Rondônia.

O governador Marcos Rocha compartilhou um vídeo nesta sexta-feira (2) onde mostra um pouco da mobilização que já está sendo realizada no local.

Veja:

Fonte: João Paulo Prudêncio – Rondoniaovivo

Facebook Comments