Rondônia tem 1.190.505 eleitores aptos a votar nas eleições 2020, segundo dados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esse número é 2,25% maior que nas últimas eleições municipais em 2016, quando o estado tinha 1.164.265 eleitores aptos.

A cidade com o maior número de moradores votantes é Porto Velho, que tem 333.031 eleitores este ano. Já Pimenteiras do Oeste (RO), localizada distante cerca de 792 quilômetros da capital, é a cidade com o menor número de habitantes e tem 1.944 eleitores.

Dos mais de 1 milhão de moradores aptos a participar do pleito este ano, 51% são mulheres e 49% homens, 44 optaram pelo uso do nome social e 9.667 tem algum tipo de deficiência, sendo a maior parte algum tipo de deficiência de locomoção.

Adolescentes e idosos

Segundo a legislação eleitoral, adolescentes com idades entre 16 e 17 anos e idosos acima dos 70 podem, mas não são obrigados a votar. Nessa categoria, Rondônia tem mais de 83 mil eleitores, sendo 7.441 adolescentes e 75.629 idosos.

A Justiça Eleitoral ainda contabilizou 161 eleitores aptos com 100 anos ou mais. Desses, 101 são homens e 60 são mulheres.

Biometria

Em todo o estado, 96,83% dos eleitores têm biometria cadastrada, o equivalente a 1.152.791 pessoas. Outras 37.714 ainda precisam realizar o cadastro. No entanto, este ano, devido a pandemia da Covid-19, a identificação biométrica não será utilizada.

Segundo o TSE, o uso da tecnologia será suspenso este ano tanto para diminuir o tempo de votação, e dessa forma evitar longas filas, quanto para reduzir as superfícies que os eleitores terão contato para evitar a propagação do novo coronavírus.

Além dessa medida, a Justiça Eleitoral tomou outras para evitar contágios:

  • Aumentou em uma hora o tempo da votação;
  • Dispensou mesários com mais de 60 anos;
  • Treinou os mesários por transmissões;
  • Fornecerá máscaras, viseiras e álcool em gel para os mesários;
  • Obrigará o uso de máscaras dos eleitores;
  • Fornecerá álcool em gel nas seções eleitorais;
  • Organizará do fluxo de votação, com distanciamento de filas
Dicas para o eleitor: respeite o horário preferencial das 7h às 10h para os idosos — Foto: Reprodução / TSE

Dicas para o eleitor: respeite o horário preferencial das 7h às 10h para os idosos — Foto: Reprodução / TSE

Fonte: G1

Facebook Comments