PORTO VELHO- Michelle Zenesco, viúva do oficial Zaqueu Zanesco, morto em 2001, ex-ajudante de ordens do ex-governador de Rondônia, Valdir Raupp, está desesperada com a iminência de ver o filho, Izaque Lincon, 22 anos, ser morto pela ex-namorada Monique Valentin, 24 anos. “A inércia da polícia paulista pode aumentar as estatísticas de crimes premeditados nos próximos dias”, disse Michelle Zanesco, ao iniciar um desabafo em forma de denúncia nas redes sociais no dia hoje, segunda-feira, 7 de novembro de 2016.

Izaque Lincon, filho de Michelle Zanesco, mora em  Presidente Epitácio interior de São Paulo. Ele teve um relacionamento amoroso com Monique Valentin desde 2012 conforme ainda consta na pagina do Facebook dela. Durante estes anos o clima de romance se misturou a desavenças e a muitas brigas do casal, sempre partindo dela, de um temperamento forte e beirando a psicopatia. Há relatos até que Monique espancou Izaque em público, inclusive na frente da polícia.

“O fato é que Monique Valentin não se conforma com o término do relacionamento com Izaque Lincon e desde então vem perseguindo, ameaçando, agredindo (física e psicologicamente ). Por último ligou e afirmou que já contratou uma pessoa para executá-lo. A ligação foi gravada e repassada para a policia que até o momento nada fez. Assim como não fez nos outros quatro Boletins de Ocorrência registrados por Izaque. Quem vem acompanhado o caso tem certeza que essa moça está com sérios problemas psiquiátricos. Monique Valentin simplesmente acredita que tem poder sobre o ex, que ele lhe pertence como já repetiu várias vezes”, relata a mãe, Michele Zanesco.

LEIA MAIS SOBRE O ASSUNTO AQUI

Na gravação, Monique diz textualmente que “Se ele não for meu, não vai ser de mais ninguém”. Para Michelle Zanesco, não tem outra definição. “É a completa desumanização. O desequilíbrio é tanto que ela acha que Izaque é um objeto sobre o qual ela tem propriedade, pelo simples fato de algum dia eles terem sido um casal”, diz Michelle.

Izaque com a atual namorada Michele
Izaque com a atual namorada Michele

Para a mãe de Izaque, a polícia paulista age com descaso e não considera isso grave. “Mas a quem interessa dizer que tal crime é passional, que a ‘coitadinha’ estava sofrendo com a rejeição, ou que ela não conseguia enxergar a própria vida com a ausência do homem amado? Com esse discurso, a policia está interpretando o caso como de ordem privada, tipo ‘em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher’. Parece que havia algo entre os dois que justificaria o assassinato, a tortura, a violência. Lavamos as mãos e fingimos que, se chegarmos muito perto, estaremos invadindo a privacidade. Assim, afasta-se a necessidade de uma ação imediata. Como mãe eu pergunto: Vai ser preciso meu filho se tornar parte de estatísticas para que a policia tome uma atitude?”, indagou a mãe de Izaque.

“Sou contra métodos arcaicos de se fazer justiça com as próprias mãos. Sou viúva de oficial da PM-RO meu marido foi um PM exemplar e a inoperância da policia de São Paulo me deixa muito frustrada. Com tudo isso estou ansiosa, angustiada, desesperada. Quando o telefone toca já penso logo que é alguém para me informara que meu filho está morto. Peço como mãe, como cidadã que alguma atitude seja tomada imediatamente”. 

Izaque e a ex-namorada Monique Valentin
Izaque e a ex-namorada Monique Valentin

Numa postagem de Michelle, a ex-namorada de Izaque, Monique Valentin diz que este assunto está superado e que já está até namorando. Ela tem pedido à mãe de Izaque que retire as postagens e as fotos das conversas. Mas, Michele acha que ela está tentando enganar e vai continuar a vigilância tomar providências mais drásticas. Izaque já trocou de telefone várias vezes e já mudou de cidade com muita frequência.

Da redação do Mais RO

Facebook Comments