O ditador venezuelano Nicolás Maduro é pessoalmente responsável por crimes contra a humanidade. A conclusão é de uma missão especial da Organização das Nações Unidas (ONU).

O documento emitido pela entidade aponta: desde 2014, o herdeiro de Hugo Chávez “ordenou ou contribuiu” para que assassinatos, torturas e outras violações dos direitos humanos acontecessem no país.

O relatório com a denúncia foi divulgado nessa quinta-feira (17/9), em nota emitida pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

O documento foi elaborado pela Missão Internacional de Verificação de Fatos sobre a Venezuela, estabelecida em 2019 pelo Conselho de Direitos Humanos da ONU com firme apoio do governo brasileiro.

O grupo de trabalho se dedicou a mais de três mil relatos de transgressões humanitárias cometidas pelo regime socialista-chavista.

Com informações, Revista Oeste

Fonte: Terça Livre

Facebook Comments