Juscelino Amaral: tudo legal e registrado no TSE
Juscelino Amaral: tudo legal e registrado no TSE

NOTA DE REPÚDIO

A Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia, vem a público repudiar o ato do Prefeito Dr. Hildon de Lima Chaves por ter exonerado sem motivos, o Presidente da EMDUR, Dr. JUSCELINO MORAES DO AMARAL, homem íntegro, probo, e que vinha realizando um excelente trabalho frente a esta Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano, existem muitos relatos do bom trabalho que estava sendo desenvolvido, relatos inclusive de servidores daquela Instituição que afirmam que nunca se trabalhou tanto por Porto Velho, quanto nesta gestão.

Falamos sem motivo, pois, segundo relatos, o que levou o Prefeito a tomar tal decisão foi o recebimento de uma doação por parte de JUSCELINO para a sua campanha a Deputado Estadual em 2014, DOAÇÃO LEGAL. O valor recebido em doação foi declarado junto ao TRE, depositado em conta específica da campanha, incluído na prestação de contas, que foi aprovada sem ressalva, portanto não houve nenhum crime ou dolo por parte de JUSCELINO.

E indo um pouco mais além, não somos capazes de enumerar todos os candidatos que receberam doações, de forma legal, neste estado. E se receber doação legal for motivo de exoneração, que façamos com todos; que sejam exonerados senadores, deputados estadual e federal, governadores, prefeitos e vereadores. Juscelino Amaral foi Grão-Mestre da GLOMARON por 08 anos (dois mandatos), conhecemos a sua pessoa e o seu caráter, assim como boa parte da população da nossa capital.

A atitude do Prefeito é uma afronta com todos os Maçons do estado, principalmente por querer comparar a situação de Juscelino com a de seu Vice, Edgar Tonial. As situações são completamente diferentes e adversas, uma não tem nada a ver com a outra. Sem contar o prejuízo à imagem do cidadão, que, com certeza, terá seu nome e honra manchados, dificultando a sua trajetória política a partir de agora.

Ficamos pensando: será que ser honesto agora é crime?

Aldino Brasil de Souza

Grão-Mestre da GLOMARON
Fonte: Assessoria

EXONERAÇÃO DE JUSCELINO AMARAL DA EMDUR CAUSA CRITICAS NAS REDES SOCIAIS: GENERALIZAÇÃO

 

Facebook Comments