Léo Moraes alerta sociedade sobre os discursos de ódio e intolerância em ano eleitoral

Analfabetos políticos que nos representam em Brasília (DF) estão sentindo a mudança que será 100% em âmbito federal e fazem de tudo para se perpetuarem no Poder Legislativo na Capital política do Brasil. No entanto, gás novo e com inteligência, esse jeito execrável de fazer política, é extirpado aos poucos em meio à era da informação.

Desta forma o deputado estadual Léo Moraes (PODEMOS) resumiu a hipocrisia que norteia o projeto de Lei 845/17, que dispõe da criação do Conselho Estadual das populações de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestir, Transexuais e Transgêneros (GLBTTT), que foi aprovado na semana passada no Poder Legislativo.

De acordo com Léo Moraes, as tentativas de impulsionar o ódio e a intolerância para angariar seguidores em ano eleitoral em nome de Deus, sem ter conhecimento do Decreto Federal 7.388/10, que criou o Conselho Nacional, cujo objetivo é combater os violentos assassinatos contra esses seres humanos de livre arbítrio. Soa de forma perigosa, perniciosa e leviana as investidas de grupos políticos em meio a comunidade evangélica rondoniense.

Por fim, o parlamentar estadual Léo Moraes falou sobre doutrinas, dogmas e liberdade de expressão envolvendo acima de tudo o respeito para com o próximo na visão das escrituras bíblica. Portanto, o momento é propício para desarraigar políticos que nunca realizaram debates em prol da cidadania  e pelo bom andamento do processo legislativo.

– Isso soa para mim como oportunismo e pobreza de espírito. Minhas origens são evangélicas. O respeito e a harmonia ao próximo sempre prevaleceram nos meus valores familiares – Finalizou Léo Moraes.

VIDEO DO DISCURSO DE LÉO MORAES

Facebook Comments