Em cerimônia realizada no Teatro Municipal, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) oficializou o lançamento das obras do Campus Avançado São Miguel do Guaporé. O evento ocorreu no dia 28 de fevereiro, contando com a presença de autoridades e comunidade local.

Berenice Pereira Varão, presidente do Rotary Club de São Miguel do Guaporé, explica que esta é uma obra muito esperada no município. “Há anos, dez anos, a comunidade sempre esperando. Esta juventude que sempre vem crescendo e sentindo a necessidade de ter estudo avançado, cursos técnicos e a própria faculdade, para que tenham oportunidade de trabalho. São Miguel está crescendo, São Miguel está prosperando e o IFRO veio em boa hora”, expõe.

Participaram da cerimônia estudantes dos Cursos Técnicos em Administração, modalidades subsequente e concomitante ao Ensino Médio. Cauany Souza, que é aluna na Escola Estadual Princesa Isabel no período da manhã e uma vez por semana (quarta-feiras) tem aulas presenciais ofertadas pelo IFRO no período vespertino na própria instituição parceira, com complementação do ensino a distância (EaD/IFRO) nos outros dias, diz que a oferta da formação técnica traz outras perspectivas para ela e os demais alunos, “porque vamos concluir o Ensino Médio com o técnico concomitante”. A turma iniciou as aulas no segundo semestre de 2019 e está com quatro disciplinas concluídas e duas em fase de conclusão. Ketlem Suiane conta que “é uma oportunidade única. Aqui é uma cidade que não oferece muitas oportunidades para os jovens”.

Do Técnico Subsequente, Isael Moura conta que antes não havia opções como o Técnico em Administração ofertado. “O IFRO reconheceu que estávamos precisando. Particularmente, eu estou gostando muito do curso, acredito que meus coletas também estão, e nós só teremos a ganhar. Nossos professores têm trazido disciplinas que estamos nos adequando, porque muitos estavam distantes da sala de aula. Eu, por exemplo, tem mais de 15 anos que não frequento uma sala de aula, mas vamos junto com os professores conseguir a formação”. Já Wilians de Aguiar Santana mostra que serão beneficiados moradores do município e de regiões vizinhas. “É uma expectativa incrível para mim participar desse curso. Eu nunca tinha imaginado estar nessa área de atuação, e hoje a cada aula ministrada estou gostando e me vejo sendo um bom administrador”.

O valor previsto para a construção de um bloco Adminstrativo/Pedagógico, com 12 salas de aula e espaço para a biblioteca, é de R$ 6.201.513,60. A empresa V. S. Construções e Comércio Importação e Exportação Ltda tem prazo de 12 meses para a conclusão da obra, acrescido de mais quatro meses para a entrega final, totalizando 18 meses.

No bloco administrativo e pedagógico, estão projetadas 12 salas de aula de 60,65 m²/cada. Mais quatro laboratórios de 60,62 m²/cada; almoxarifado de 49,05 m²; e a biblioteca terá 184,05 m². As salas administrativas possuem área total de 250 m², sendo compostas por secretaria, reprografia, coordenação de estágio, coordenação pedagógica, recepção, diretoria e salas administrativas. O pórtico terá estrutura metálica, a guarita ocupará 38,43 m², além de estacionamento, calçada/passeio público e duas baterias de banheiro, uma em cada piso.

Atualmente, o Campus Avançado São Miguel do Guaporé ocupa salas no Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA), com 702 estudantes matriculados, sendo 84 nos dois cursos presenciais (Técnico em Administração Concomitante e Subsequente ao Ensino Médio) e os demais em cursos de Educação a Distância (EaD) ofertados pelo IFRO. Com a construção da sede definitiva, planeja-se ampliar a oferta de vagas na região para 400 alunos presenciais.

Mesa de autoridades

O Diretor-Geral do Campus Avançado São Miguel do Guaporé, Miguel Zamberlan, deu as boas-vindas à população que prestigiou a cerimônia. “Nós temos condições de mudar realidades, e começamos por nossos alunos, que vão depois levar benefícios para a comunidade como um todo”. Aos presentes, ele falou o quanto o Instituto Federal pode contribuir na mudança de vida dos alunos, das famílias e das pessoas do entorno.

O Presidente da Câmara de Vereadores de São Miguel do Guaporé, Sebastião Costa Carneiro, fez agradecimento aos que fizeram os primeiros requerimentos para instalação. “É uma grande vitória ter o Instituto Federal no nosso município”. A Prefeita de São Francisco do Guaporé, Gislaine Lebrinha, diz ter já colhido frutos do IFRO no concurso municipal, em que foram aprovados alunos formados pela instituição. “Nossos alunos também serão beneficiados, porque tinham que se deslocar para muito longe. E hoje já temos polos nos municípios e agora com o campus em São Miguel do Guaporé vai ser um marco na educação do Vale do Guaporé”.

O Prefeito de São Miguel do Guaporé, Cornelio Duarte, explicou que era um dia de alegria em função do município estar sendo contemplado com uma grande obra. Ele relembrou a luta para que o projeto de um campus do IFRO de fato se efetivasse para a região trazendo cursos diferenciados e pensados junto com a população. “A nossa região é a mais produtiva do Estado de Rondônia”, afirma o prefeito, mostrando que o conhecimento obtido por meio do estudo é um bem para todos os cidadãos.

Sobre o início das obras, o Deputado Estadual Lebrão disse ser muito importante para o município. “As coisas estão se transformando, é resultado de uma equipe que faz uma grande diferença”, ressaltou. O Deputado Estadual Ismael Crispin afirmou que a realização deste sonho foi resultado das lutas em prol do povo, recordando que desde 2010 se discute essa implantação. “Esse polo poderia estar em qualquer outro município do Brasil, mas nós nos reunimos numa corrente do bem […] nós juntos vencemos o medo, o IFRO hoje é realidade”.

Nas palavras do Deputado Federal, Lucio Mosquini, estava se materializando naquele ato a sede do Campus Avançado São Miguel do Guaporé, obra que possui recursos de emenda da bancada federal para garantir a instalação desta escola diferenciada. “IFRO é uma fábrica de gênios […] vão estudar, vão ser doutores, vão ser capacitados para o mercado de trabalho”, compara.

Deputado Federal Expedito Netto realçou o trabalho da bancada federal e do seu mandado na destinação de recursos para a instituição. “O IFRO te prepara para a vida, e é por isso que eu sou fã. O nosso é um dos melhores institutos federais do país, e não é à toa, é por causa dos servidores públicos e hoje percebemos isso”. O deputado falou sobre a importância dos servidores públicos, entre eles policiais e professores, no atendimento aos cidadãos e seus filhos.

Finalizando o evento, o Reitor Uberlando Tiburtino Leite fez o reconhecimento à bancada federal pelo apoio ao IFRO, que é uma instituição com público que vai do Ensino Médio à pós-graduação. “A educação, acima de tudo, é que pode fazer a diferença na nossa sociedade”, afirmou o reitor. Ele acrescentou ser necessária a parceria com as demais instituições, públicas e privadas.

“Nós aprovamos com o Ministério da Educação, de forma direta, R$ 8.448 milhões para este ano ofertar 2.600 vagas de cursos técnicos dos meninos no ensino técnico EaD, 600 vagas para cursos de Formação Inicial e Continuada e 2.080 em parceria com as prefeituras, cada um dos municípios terão uma ação dessa, e cerca de 520 para o sistema prisional, para capacitar essas pessoas que estão nesta condição de privação de liberdade, para que quando sair tenham uma formação e uma oportunidade”, revelou o professor Uberlando. Para concluir, o gestor fez um apanhado de toda a história que resultou na concretização de uma unidade de educação presencial no Vale do Guaporé, incluindo a doação do terreno por empresários miguelenses.

Fonte: Assessoria-IFRO

Facebook Comments