24 C
Porto Velho
terça-feira, agosto 16, 2022

Buy now

spot_img
spot_img

Jovens sem terra estão desaparecidos em Cujubim, Rondônia

aaamoreNa semana passada um grupo de sem terra sofreu uma ação de reintegração de posse da fazenda Tucumã, conhecida como fazenda do Japonês, localizada na Linha 114, no município de Cujubim, distante cerca de 159 quilômetros de Porto velho, Rondônia.

 

Já neste último domingo (31), cinco jovens sem terra desse grupo retornaram ao local da ocupação com objetivo de buscar alguns objetos que haviam ficado na área após o despejo. Quando chegavam ao local, eles foram atacados por jagunços que estavam em um veículo. Esses pistoleiros seriam da fazenda em questão. Contudo, os jovens precisaram fugir e se esconderem em uma mata.

Depois, ao voltarem para o local onde haviam abandonado o carro em que estavam, os camponeses foram atacados novamente pelos jagunços, que dessa vez já contavam com reforço de mais outro carro. Três jovens conseguiram fugir do local.

No início da tarde de segunda-feira (1º), segundo o portal de notícias Alerta Rondônia, uma ligação anônima informou a Polícia Militar da região sobre um veículo Santana, de cor cinza, queimado na Linha 114, zona rural de Cujubim.  Ao chegar no local, foi constatado que havia um corpo carbonizado no banco traseiro do carro.

A Polícia Civil e a Perícia também foram acionadas e estiveram no local do crime. O site Alerta Rondônia, em reportagem divulgada no dia 1º de fevereiro, levanta a hipótese – com base em relatos de outros acampados – de que o corpo encontrado no veículo pode ser de um dos jovens sem terra, Allysson Henrique Lopes, conhecido como Bá. Todavia, o corpo ainda não foi identificado pelo órgão responsável. Outro jovem sem terra que continua desaparecido é Ruan Hildebran Aguiar, de 18 anos.

A polícia realizou buscas pelos desaparecidos nesta terça e quarta-feira, mas os camponeses ainda não foram localizados.

Já na quarta-feira, 3, durante a patrulha, a equipe policial encontrou com um grupo de homens em uma caminhonete. Eles estavam fortemente armados e, de acordo com o portal G1 Rondônia, houve troca de tiros entre polícia e o grupo. Após isso, os três homens foram detidos e várias armas apreendidas, inclusive uma metralhadora 9 mm, de uso restrito das Forças Armadas.

 

Related Articles

REDES SOCIAIS

0FansLike
3,434FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -Governo de Rondônia

Latest Articles