Cristiano queria arrancar R$ 300 mil da mãe com falso sequestro
Cristiano queria arrancar R$ 300 mil da mãe com falso sequestro
Cristiano queria arrancar R$ 300 mil da mãe com falso sequestro

A Polícia Civil prendeu em Várzea Paulista (SP) um rapaz suspeito de forjar o próprio sequestro para extorquir a mãe, uma das ganhadoras do prêmio da Mega-Sena da Virada, sorteado em 31 de dezembro de 2013. Ela participou de um bolão com outros 21 funcionários do Hospital Municipal Waldemar Ferreira, em Teofilândia (BA).

Cristiano Araújo dos Santos, de 22 anos, e Wellington Santos Oliveira, de 20 anos, apontado como comparsa, foram presos em Várzea Paulista após forjarem o sequestro e pedirem o resgate no valor de R$ 100 mil. Os mandados de prisão foram cumpridos na sexta-feira (31), mas eles só foram apresentados nesta segunda-feira (3).
Segundo a polícia, Wellington era quem ligava para a mãe de Cristiano dizendo que o filho estava sequestrado e que ela precisava fazer um depósito para o resgate. Durante a negociação, a faxineira do hospital deTeofilândia – que ficou com cerca de R$ 2 milhões do prêmio da Mega-Sena – avisou a polícia, que passou a acompanhar as ligações da mãe do rapaz com Wellington.
A polícia de Teofilândia desconfiou do sequestro e, durante as investigações, descobriu que o próprio filho estava forjando o crime. Orientada pela polícia de Teofilândia, a mãe fez depósitos na conta do filho com valores abaixo do pedido. Por meio das imagens do circuito de segurança do banco de Várzea Paulista, a polícia conseguiu ver quem quem estava fazendo os saques.
Ao ver as imagens, a própria mãe reconheceu o filho e, com isso, os mandados de prisão foram expedidos. Os dois jovens foram presos e encaminhados ao Centro de Triagem de Jundiaí (SP), onde aguardam a decisão da Justiça.

Fonte: G1

Facebook Comments