Uma jovem de 22 anos foi estuprada por dois homens, no dia do próprio aniversário, em uma casa do Bairro Pedrinhas, em Porto Velho. Após ser violentada, nesta quarta-feira (4), a vítima pediu socorro a um motorista de aplicativo, que acionou a Polícia Militar (PM). Nenhum dos suspeitos foi preso.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima, que faz 22 anos nesta quarta-feira, conheceu um homem chamado Márcio através de um aplicativo de relacionamento. Ela aceitou marcar um encontro presencial com o suspeito e foi até um bar na Avenida dos Imigrantes.

Quando chegou no estabelecimento, de acordo com a jovem, Márcio estava em uma mesa junto com um amigo. Os três ingeriam bebida alcoólica quando, em determinado momento, Márcio chamou a jovem para ir até a residência dele junto com o amigo do bar.

A jovem aceitou o convite e, ao chegar no imóvel, foi agarrada e estuprada pelo amigo do suspeito. Na sequência, segundo a jovem, Márcio também a violentou sexualmente.

Após estuprar a vítima, Márcio chamou um motorista de aplicativo para levar a jovem embora. Quando entrou no carro, a jovem relatou o estupro ao motorista e este acionou a Polícia Militar.

A vítima então foi levada à Policlínica Ana Adelaide, pois estava com lesões no corpo. A PM foi até a casa onde ocorreu o suposto estupro, mas nenhum dos suspeitos foi encontrado. A Polícia Civil informou que abriu investigação no intuito de tentar identificar os suspeitos.

Fonte: G1

Facebook Comments