Vacilos de posicionamento permitiram que Brener ficasse em condição para fazer gol — Foto: Maga Jr./Estadão Conteúdo

O tempo é curto. Rogério Ceni terá apenas 72 horas entre a estreia no comando do Flamengo e a partida contra o Atlético-GO, sábado, no Maracanã. O compromisso é válido pela 21ª rodada do Brasileirão, mas que terá papel importante também nos ajustes visando a decisão de quarta-feira, pela Copa do Brasil, diante do São Paulo, no Morumbi.

Na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro, o Flamengo sabe que uma eliminação precoce na Copa do Brasil aumentaria a pressão em início de trabalho. Para dar a volta por cima e confirmar a primeira boa impressão apesar da derrota, o time de Rogério Ceni tem ajustes a serem feitos, e o duelo com o Dragão será fundamental para isso:

Dar ritmo ao trio que volta ao time

Gabigol, Arrascaeta e Diego Alves estiveram em campo no jogo de ida contra o São Paulo ainda sem suas melhores condições físicas. O artilheiro foi quem mais se destacou, mas acabou tendo que ser sacado na metade do segundo tempo por desgaste. O próprio Rogério disse que Arrascaeta só entrou no intervalo por não aguentar os 90, e Diego Alves acabou substituído com câimbras após longo período de inatividade. Dar ritmo neste momento é mais importante que descanso pensando na decisão do Morumbi.

Melhorar a pontaria

Dada a diferença técnica entre as equipes, é natural pensar que será mais um jogo com muito volume do Flamengo na produção ofensiva. Diante do São Paulo, a equipe desperdiçou muitas oportunidades – em especial no primeiro tempo – e foi castigada no fim. Melhorar a performance contra o Atlético-GO faz parte do processo de evolução do time de Ceni.

Sintonia fina na defesa

 

O Flamengo que enfrentou o São Paulo já foi um time muito mais organizado defensivamente e seguro. No primeiro tempo, o adversário sequer chutou ao gol de Diego Alves. Ao fim do jogo, foram somente três finalizações. O problema é que vacilos técnicos e de posicionamento custaram a derrota pela Copa do Brasil. Apresentar uma última linha mais sincronizada e minimizar os riscos na saída de bola são missões para o jogo de sábado.

Ajustar conceitos de jogo

 

Rogério Ceni terá apenas o treinamento desta sexta-feira com todo elenco antes de encarar o Dragão (na quinta, apenas reservas estiveram no campo). Com o São Paulo como prioridade na semana, a partida da noite de sábado no Maracanã será importante também para que o treinador faça ajustes no estilo que quer impor no Morumbi. Sem tempo para treinar, jogo também é lugar de aprimoramento.

Fonte: GE

Facebook Comments