Ji-Paraná fechou sua participação na vice-liderança do returno. Foto: Alexandre Almeida
Ji-Paraná fechou sua participação na vice-liderança do returno. Foto: Alexandre Almeida
Ji-Paraná fechou sua participação na vice-liderança do returno. Foto: Alexandre Almeida

Mesmo em horário incomum, 16h de uma quarta-feira, 8, a torcida compareceu ao estádio Biancão em bom número para presenciar um momento marcante. O Ji-Paraná, que ressurgiu das cinzas no segundo turno, conquistou uma vitória necessária, viu a tabela se virar a seu favor, e a vaga improvável na final da etapa se tornar uma possibilidade. Enquanto isso o Ariquemes, que estava como visitante, não conseguiu acompanhar o ritmo de jogo do adversário, e foi goleado em 4 a 0.

Os problemas para o Peixe tiveram início ainda fora do gramado. Com atraso no ônibus a equipe chegou ao estádio na hora do jogo e mal teve tempo para se organizar. A ambulância também chegou depois do horário e a partida só teve início 30 minutos depois do previsto.

O jogo começou como todo o gás dos dois lados do campo. O Ji-Paraná preferiu apostar na velocidade dos jogadores, enquanto o Ariquemes deixou as jogadas de efeito para os contra-ataques. Já fora da competição, o Peixe ainda queria fazer um bom jogo, construiu o primeiro lance de perigo nos primeiros minutos, chegou em velocidade e chutou, mas a bola explodiu na trave. Junto com a chance perdida de gol, foi a empolgação do Ariquemes, que apagou e não conseguiu mais novas chances.

Logo nos primeiros minutos, Jailson encontrou uma folga na zaga do Peixe e tocou para Tutty, que marcou o primeiro. Em uma divida na área, Paulinho e Boi terminaram o lance no chão. Em um lance na sequência, o árbitro marcou uma falta, Piquê cobrou e no rebote a bola sobrou para Paulinho, que marcou o segundo. Na volta do intervalo, Fernando chegou na área tocou para Tutty que encaixou a bola nos fundos do gol de Douglas, que não teve chance de defesa.

O Ariquemes, vendo se aproximar a goleada, começou a tentar criar chances com bola parada, mas não conseguia finalizar. Depois de uma discussão entre um jogador do Peixe e o técnico Tiago Batizoco, do Ji-Paraná, o Galo da BR marcou o quarto e último, pelos pés de Erick, que cruzou de esquerda para o gol.

Fonte: Futebol do Norte

Facebook Comments