Jesualdo quer ampliar a exportação dos produtos do agronegócio

0
125
Jesualdo Pires, candidato ao senado Federal


Para o candidato ao Senado pela Coligação Juntos por um novo tempo para Rondônia, Jesualdo Pires (PSB), a ampliação das exportações de produtos agrícolas do Estado de Rondônia, passa pela reestruturação do Porto Fluvial, instalação do aeroporto alfandegário, alteração da legislação ambiental, e da melhora na infraestrutura das rodovias do Estado.

Jesualdo disse que seu compromisso como senador é o de buscar recursos para investir na infraestrutura aeroportuária do Estado, melhorar as malha viária, que para ele, são os três gargalos que dificultam as exportações dos produtos rondonienses para outros países, além de promover uma ampla discussão para melhorar a atual legislação ambiental que hoje é um dos principais pontos de entrave para quem quer produzir.

O candidato acredita que a realidade do atual porto de Porto Velho está muito distante do que seria ideal para atender às demandas e também aumentar o fluxo de exportações de produtos, não só do estado de Rondônia, mas, também, de outras localidades que passam por Rondônia.

“O porto de Porto Velho, tem que ser extremamente moderno, bem estruturado, alfandegado, para que a gente possa exportar, via fluvial e, depois, chegue à via marítima, as exportações tanto do Mato Grosso, Acre e, principalmente, Rondônia, para o restante do mundo”, comentou candidato.

Outro ponto que, segundo Jesualdo, destaca como urgente é a instalação de um posto alfandegado dentro do Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira. Jesualdo explica que, com isso, amplia-se as possibilidades de exportação de produtos agrícolas, que é o grande potencial do Estado.

A falta de aeroporto alfandegado impede os produtores de exportar seus produtos, pois é inviável transportar frutas, legumes de Rondônia para o restante do mundo, sabendo que estes produtos são perecíveis e precisam chegar em perfeito estado aos destinos finais e, por isso, o estado acaba perdendo mercado.

“O aeroporto alfandegado permite que aviões cargueiros possam sair de Porto Velho exportando produtos de Rondônia, principalmente frutas, legumes, produtos agrícolas com maior valor agregado. Assim, abrimos mercado para todo o mundo e, consequentemente, conseguiremos abrir muitas divisas econômicas”, afirmou.

Por fim, o candidato defendeu além da duplicação da BR-364, por meio de recursos da União, ações junto ao Governo do Estado para melhorar a trafegabilidade e manutenção das Rodovias Estaduais. “Não é apenas a BR-364 que precisa de investimentos. Infelizmente nossas rodovias estaduais, que são fundamentais para o escoamento da produção agrícola, também precisam de melhores estruturas”, finalizou.

Assessoria

Facebook Comments