Jesualdo comemora curso de medicina para Ji-Paraná e ressalta a importância dos investimentos feitos na saúde do município

0
443
IBMEC chega a Ji-Paraná: Medicina


O candidato ao senado pela Coligação Juntos por um novo tempo para Rondônia, Jesualdo Pires (PSB), comemorou a definição, pelo Ministério da Educação,  da Instituição que foi habilitada pelo Ministério da Educação (MEC) para implantar o curso de medicina em Ji-Paraná.

Trata-se do Grupo Norte-americano, IBMEC Educacional S.A,  um dos maiores com atuação na América Latina. O resultado foi publicado no Diário Oficial da União, no início desta semana, e divulgado ontem.

Ji-Paraná é um dos 19 municípios de todo Brasil que foram autorizados a abrir novos cursos de medicina. Segundo o Jesualdo este é mais um resultado dos investimentos feitos na saúde pública durante a gestão do candidato como prefeito da cidade.

O município foi o único do estado que recebeu a habilitação do Ministério da Educação. Para Jesualdo, a implantação do novo curso só foi possível pois toda a rede de saúde pública municipal foi reestruturada durante sua gestão como prefeito de Ji-Paraná.

Jesualdo Pires, candidato ao Senado

“É uma notícia que nos deixa muito felizes, pois sabemos que temos parte disso, pois investimos na saúde do município e, sem dúvidas, foram estes investimentos que deram suporte para a aprovação deste curso na cidade”, afirma Jesualdo.

Durante a gestão de Jesualdo como prefeito de Ji-Paraná, foram reformados todos os postos de saúde e duas novas unidades foram construídas.  O hospital municipal foi reestruturado, equipado e uma nova área construída: o centro de parto normal. Mais 80 novos leitos cadastrados no SUS, aumentou o número de equipes multiprofissionais de atenção domiciliar (EMAD) e novos leitos de urgência e emergência.

“Hoje, Ji-Paraná tem uma rede de saúde forte. Quase dobramos o número de atendimento no Hospital Municipal. Temos mais de 50 médicos, quase 30 equipes do Programa Saúde da Família. Construímos uma nova sede para o CER, além de trabalhar a capacitação das equipes. Com toda certeza, nosso compromisso com uma política séria na saúde da cidade, contribuiu na avaliação do MEC para tornar possível a instalação do curso na cidade”, afirmou.

Assessoria
Facebook Comments