Índios são presos sob suspeita de participar da morte de 3 no AM

DE SÃO PAULO – Cinco índios da etnia tenharim foram presos ontem na região de Humaitá (AM) por suposto envolvimento no assassinato de três pessoas, em dezembro, informaram fontes policiais à Folha.

Todos os presos foram levados a Porto Velho, a 200 km dali. Para a captura, a Polícia Federal comandou uma megaoperação com agentes seus, da Polícia Rodoviária Federal, do Exército e da Força Nacional.

Até a conclusão desta edição, não havia informações sobre se foram achados os corpos do funcionário da Eletrobras Aldeney Salvador, do representante comercial Luciano Ferreira e do professor Stef de Souza.

Eles sumiram em viagem pela Transamazônica, em 16 de dezembro. O caso motivou protestos que tiveram depredação de carros e de instalações da Funai. O governo enviou uma força-tarefa para a região. A Folha tentou falar com o advogado dos índios, mas ele não foi localizado. (FABIANO MAISONNAVE)

Facebook Comments