Familiares denunciam ameaças sofridas por pessoas desconhecidas, quatro anos após a morte do servidor da Seduc, Moisés Rodrigues de Lima, em uma viagem de trabalho. A família reclamam da falta de providências das autoridades e relaciona a morte do funcionário com os furtos ou desvios de centenas de aparelhos eletroeletrônicos do almoxarifado da Secretaria de Educação à época dos fatos.

Há uma história mal contada e que precisa ser esclarecida. Há quatro anos, o funcionário da Seduc, Moisés Rodrigues de Lima, com 39 anos, sumiu do mapa. Ele estava num barco, superlotado de mercadorias, que seriam entregues no distrito de Nazaré. Havia refrigeradores, ar condicionados, freezers, ventiladores, bebedouros, televisores de última geração e também carteiras e quadros negros, para escolas dos ribeirinhos. De repente, sem que ninguém visse, Moisés desapareceu do barco. Nunca mais foi visto. Mas não foi só ele quem sumiu. Ouve-se que a maior parte das mercadorias (com exceção de quadros negros, carteiras e merenda escolar), tudo sumiu, escafedeu-se, tomou Doril. Levantaram-se várias suspeitas, incluindo uma bem estranha, de que piratas teriam atacado e, sem ninguém ver, matado Moisés. A verdade é que quatro anos depois, o mais estranho assalto de que se tem notícia, porque desapareceram milhares de reais em mercadorias e uma pessoa, sem qualquer testemunha visse, não tem qualquer pista para ser elucidado. (Fonte: Sérgio Pires).

https://www.youtube.com/watch?v=Z1DJ9H9DUHU&t=2s

Em 2013 uma equipe de reportagem conseguiu entrevistar a viúva que fez a seguinte declaração:

“Se botarem culpa no morto (marido dela) eu vou contar tudo que sei”. Questionada sobre o que ela sabe, Selma foi enfática: fui na casa de funcionários da Seduc que tem até central de ar no banheiro”.

Relembre o caso:

http://www.rondoniagora.com/geral/servidor-da-seduc-34-foi-empurrado-no-rio-madeira-34

https://radialistaediziolimaedizio.blogspot.com.br/2013/03/servidor-da-seduc-que-sabia-demais.html

http://www.jornalcorreiodovale.com.br/noticia/servidor-da-seduc,caso-ceduc,364.html

http://www.rondoniagora.com/geral/funcionario-da-seduc-desaparece-e-esposa-faz-denuncia

Em 2015, uma pessoa próxima à viúva resolveu compartilhar alguns segredos em relação aos desvios de materiais públicos e que culminaram com a morte do servidor público do almoxarifado da SEDUC. O áudio bastante esclarecedor foi entregue ao MP e à Polícia há cerca de um ano e meio. As informações dão pistas para o esclarecimento dos furtos de equipamentos escolares tanto quanto à morte do funcionário público.

https://www.youtube.com/watch?v=qE2o9D9Iphg&t=397s

Facebook Comments