Foto: Ilustrativa

Poucos donos de mercado sabem disso, mas a organização das prateleiras dos estabelecimentos influencia na hora da compra dos alimentos e bebidas.

Isso porque a escolha entre a melhor exposição de um produto a outro pode levar o cliente a comprar um item e deixar outro de lado.

É o que acontece com os doces, por exemplo. Um balde de nutella bem exposto e visível ao consumidor, pode fazê-lo comprar, mesmo se este não fosse o objetivo inicial ao entrar no mercado.

Além de alavancar as vendas, produtos e bebidas alcoólicas bem organizadas nas gôndolas fazem parte da experiência do consumidor dentro do estabelecimento. O mercado precisa facilitar a venda, tornando mais simples o processo de compra do cliente.

Se você se interessou pelo assunto, confira nossas dicas para organizar as prateleiras das lojas de bebidas ou mercados e aumentar as vendas.

Dê visibilidade a alimentos com menor prazo de validade

Nenhum estabelecimento quer ter prejuízos com a perda de produtos devido ao prazo de validade. Portanto, essa dica vale tanto para mercados pequenos quanto para os supermercados.

Crie uma lista de validade dos itens e faça o revezamento dos produtos nas gôndolas  de acordo com o prazo de vencimento. Doces, produtos perecíveis e bebidas no atacado precisam ganhar visibilidade dentro do estabelecimento para que a saída seja maior e mais rápida.

Para não perder produtos, também é importante fazer promoções chamativas. Se o estabelecimento possui um grande estoque de latas de leite condensado com curto prazo de validade, é interessante fazer uma promoção de leite condensado e chamar a atenção dos clientes.

Organize os produtos de acordo com a prioridade de venda

Para vender mais, o marketing de vendas de bebidas e alimentos dentro de um mercado funciona desta forma: produtos prioritários ficam na altura dos olhos do consumidor.

Os que têm prioridade média podem ficar nas prateleiras de cima, já os que não são tão importantes e só são vendidos para pessoas específicas, podem ficar nas de baixo.

É por essa razão que as promoções precisam estar visíveis. O cliente precisa ver a bebida em promoção para comprá-la. O mesmo acontece com itens muito pequenos como o chocolate em barra.

Esse princípio funciona bem porque o consumidor não gosta de procurar por um produto. Ele deseja que o produto o encontre. Lembre-se disso.

Não faça o cliente pensar na hora de comprar bebidas e alimentos

Como falamos anteriormente, esse é um passo que precisa ser seguido pelos mercados, lojas e fornecedoras de bebidas e alimentos.

As prateleiras do estabelecimento precisam ser organizadas de forma que, mentalmente, o consumidor saiba para onde ir e encontrar o produto que deseja.

Do mesmo jeito que sites com layouts desorganizados na internet influenciam na queda das vendas, a desorganização na exposição dos produtos nas prateleiras pode fazer o cliente ir embora do estabelecimento.

Guiar o consumidor com placas de informação sobre o conteúdo da seção é uma dica para orientar o cliente na escolha dos produtos.

Facebook Comments