Hospital de Extrema recebe ambulância e novos equipamentos para o centro cirúrgico e enfermarias

hospital-de-extrema-01-370x278Com o objetivo de ampliar ainda mais o número de cirurgias – em especial as da área de ortopedia – e o atendimento de média e alta complexidade, o Governo de Rondônia entrega nesta sexta-feira (30) dezenas de equipamentos e uma nova ambulância para atender ao Hospital Regional de Extrema, no município de Porto Velho, divisa com o Estado do Acre.

Foi o que anunciou nesta quarta-feira (28) o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, explicando que o novo aporte de equipamentos vai atender ao centro cirúrgico, sala de parto, pronto-socorro e enfermarias.

Entre os itens estão: cardiotocógrafo – aparelho de última geração, desenvolvido para auxiliar os profissionais da saúde no acompanhamento de pré-partos de alto risco, avaliando estado fetal, taquicardia, bradicardia e contrações uterinas -, equipamento de laringoscopia, bomba de infusão, balança pediátrica, maca móvel, carro de emergência – usado no centro cirúrgico -, mesa para anestesia, entre outros equipamentos.

Segundo o secretário, no total cerca de R$ 300 mil foram investidos pelo governo, com recurso próprio. Pimentel afirmou que a revitalização, o investimento em infraestrutura e pessoal feito pelo governador Confúcio Moura já vêm dando excelentes resultados.

CIRURGIAS
O secretário citou como exemplo o crescimento em 51,28% do número de cirurgias de média e alta complexidades. Os dados foram divulgados em amplo relatório entregue pela direção-geral da unidade de saúde à Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

De acordo com o levantamento feito pelo setor de estatísticas do hospital, de janeiro a dezembro do ano passado 531 intervenções cirúrgicas foram realizadas, com maior demanda registrada em novembro, com 63 cirurgias.

Desse total, 310 procedimentos foram feitos em moradores da Ponta do Abunã – Extrema, Abunã e Nova Califórnia. Em seguida aparecem cidades do Estado do Acre, num total de 149 cirurgias. Dos municípios do estado vizinho atendidos pela unidade hospitalar de Extrema, a cidade de Plácido de Castro lidera o ranking. O número de atendimento saltou de 1 em 2013 para 35 neste ano. Um aumento de 3.400%.

De acordo com Antônio Medeiros, diretor-geral do Hospital Regional de Extrema, o crescimento da demanda está ligada diretamente à melhoria da qualidade dos serviços oferecidos pelo Governo de Rondônia.

Com os investimentos feitos pelo estado, a unidade ganhou moderna estrutura que vem permitindo a ampliação do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo Williames Pimentel, o Regional de Extrema faz parte do programa de descentralização do atendimento iniciado pelo Governo de Rondônia.

“A meta é oferecer o maior volume de serviços possíveis aos pacientes da região para evitar o colapso do atendimento em unidades de Porto Velho”, explicou.


Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom – Governo de Rondônia

 

Facebook Comments