Incidente aconteceu na França; o trem fez uma parada numa estação remota para seguranças retirarem o passageiro que se recusava a usar a máscara

O trem de alta velocidade que ia de Paris para Nice, no sul da França, no último domingo (16) devia fazer sua primeira parada apenas em Marselha, mas precisou fazer uma pausa na estação de Creusot, no meio do caminho. Tudo porque um dos passageiros se recusou a usar uma máscara facial contra o novo coronavírus.

A estação de Le Creusot fica em uma região pouco povoada da França e não costuma ser escala em viagens maiores como essa. A cidade mais próxima, Écuisses, tem apenas 1,5 mil habitantes e fica a cerca de 5km.

“Infelizmente foi necessário fazer isso, mas precisamos garantir a segurança e a saúde de todos os passageiros”, explicou o diretor da TGV Voyage, a empresa dona do trem, Alain Krakovitch, em um post no Twitter.

Segurança dos passageiros

Segundo a imprensa local, o maquinista solicitou a ajuda dos funcionários da segurança quando percebeu que o homem não estava usando a máscara, que é obrigatória nos transportes coletivos franceses. Após pedidos dos funcionários, ele se recusou a colocar, o que levou os seguranças a pedir autorização para parar.

Passageiros descreveram que a parada em Creusot, a cerca de 370 a sudeste de Paris, durou cerca de 5 minutos, até que o homem fosse retirado do trem. “Parabéns por provar que você é um rebelde. Divirta-se no meio do nada”, escreveu uma passageira no Twitter.

Fonte: R7

Facebook Comments