Homem se apresenta e diz ter matado jovem em frente à conveniência após desentendimento

Wglenison F. L. P., 31 anos, se apresentou na Delegacia de Homicídios na manhã de terça-feira (9), acompanhado de um advogado e confessou ter matado a tiros Wallyson Victor de Souza Lima, 23 anos, na madrugada do último domingo (7). O fato aconteceu em frente a uma conveniência, localizada na avenida Rio de Janeiro, bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Porto Velho.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, Wglenison relatou aos investigadores que o crime aconteceu após uma discussão entre ele e a vítima.

Ele disse ainda, que durante o desentendimento, Wallyson teria tentado o enfocar e ele acabou reagindo.

Por não haver mandado de prisão, Wglenison vai responder em liberdade pelo crime praticado.

O caso segue sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

O crime

De acordo com informações apuradas pelo Jornal, a vítima estava na frente do estabelecimento comercial, quando foi atingida por vários disparos. Após atirar, o suspeito fugiu em um veículo Ônix.

Populares socorreram Wallyson inconsciente até a UPA Leste em um carro particular. Em contato com a equipe médica, a Polícia Militar foi informada que os tiros acertaram o peito e virilha do jovem.

Por ser considerado grave o estado de saúde ele foi transferido para o João Paulo II, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 13 horas do mesmo dia.

Fonte: Rondoniagora

Facebook Comments