Homem fica em estado grave após esmeril quebrar e pegar em sua cabeça

Homem de 43 anos, proprietário de uma oficina, foi vítima de um acidente de trabalho na manhã de quinta-feira (28), em Alta Floresta (803 km ao norte de Cuiabá). Ele operava um motor esmeril quando o disco se rompeu e se chocou contra sua cabeça.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, ele teve perda de massa encefálica devido a um trauma gravíssimo no rosto, com tamanho aproximado de 11 cm. Apesar do acidente, vítima não perdeu a consciência.

Para se ter uma ideia do impacto, uma parte do disco colidiu contra uma parede, que ficou com um buraco.

Quando os militares atenderam a ocorrência, perceberam a perda intensa de sangue. Como o homem estava deitado, havia uma mancha do fluido pelo chão em volta de sua cabeça.

Os profissionais, então, colocaram compressas umedecidas para tentar conter o sangramento e ele foi encaminhado para Hospital Regional do município.

Corpo de Bombeiros pontuou que já ocorreram acidentes semelhantes na cidade e, por isso, deu orientações para evitar esses tipos de acidente. Confira.

1 – Deve-se ter cuidado ao se armazenar estes rebolos, não podendo estar acondicionados em locais com umidade e/ou calor excessivo;

2 – Deve-se inspecionar cuidadosamente estes rebolos antes de colocá-los no moto esmeril;

3 – Não utilizar rebolos que apresentem sinais de trincas ou qualquer outra avaria;

4 – Durante a montagem do rebolo, não aperte excessivamente, pois isto poderá ocasionar trincas no mesmo e consequente quebra quando em funcionamento;

5 – A capa de proteção do rebolo é de uso obrigatório. Jamais deve-se utilizar um moto esmeril que esteja sem a capa de proteção que vem junto à máquina na sua aquisição;

6 – Não coloque algum material para ser esmerilhado na lateral do rebolo, pois isto pode enfraquecê-lo e ocasionar quebra;

7 – A utilização de EPI´s adequados é obrigatória. Deve-se estar portando luvas, avental de proteção e imprescindivelmente um protetor facial de acrílico (aquele que protege toda a face e não simplesmente óculos), além de todas as vestimentas e calçados adequados ao trabalho.

Fonte: Gazeta Digital

Facebook Comments