HODA HANS – Semusa realiza 450 atendimentos para diagnosticar a hanseníase

0
163

O atendimento é uma ação realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que capacitou técnicos e profissionais para realizar os atendimentos na carreta do projeto Roda Hans, disponibilizada pelo Ministério da Saúde para percorrer o país com o objetivo de realizar atendimento visado a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento da hanseníase.

Cerca de quarenta técnicos da Semusa, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem estiveram envolvidos no projeto durante os quatro dias de atendimentos. Trezentos e oitenta pessoas foram consultadas para avaliações de manchas e onze novos casos de hanseníase foram diagnosticados através do exame de baciloscopia realizado no laboratório da carreta.

“O tratamento é fácil e gratuito e está disponível na rede básica. O tempo do tratamento varia de seis meses a um ano. Essas pessoas que foram diagnosticas durante a ação já saíram com a medicação. É importante que deem continuidade ao tratamento na unidade de saúde mais próxima de sua casa.”, explicou a enfermeira Adriani Castro.

A secretária Municipal de Saúde,Eliane Pasini, acompanhou os atendimentos no Bairro socialista e frisou a importância do município ter aderido ao projeto. “Nossa missão é levar o serviço de saúde mais próximo de quem precisa e a carreta vem como um reforço de fundamental importância para disponibilizar o acesso.” completou.

No dia 13/07, os técnicos da Semusa estarão na carreta atendendo no distrito de Jacy-Paraná, no centro administrativo, das 8h às 17h.

Unidades básicas de Saúde

Qualquer pessoa com mancha dormente ou outros sintomas deve primeiro procurar a unidade básica de saúde do seu bairro para avaliação e exames necessários a fim de detectar precocemente a doença. A hanseníase pode ser identificada através de diagnóstico clínico realizado na unidade de saúde. Após a confirmação o paciente inicia o tratamento rapidamente e gratuitamente.

Tratamento

A hanseníase é uma doença crônica, infectocontagiosa, causada pela bactéria Mycobacterium leprae. Ela é transmitida por via respiratória, através da tosse ou espirro. Principais sintomas: fisgadas ou dormência nas extremidades, manchas brancas ou avermelhadas e perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato.

Comdecom

Texto: Dislene Queiroz

Facebook Comments