Hildon Chaves, prefeito de Porto Velho

PORTO VELHO- Uma fonte deste portal de notícias disse que o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB) talvez não saia à reeleição, ainda que seja forte candidato. Mesmo não tendo afirmado ainda nem que sim, nem que não, Hildon Chaves poderá optar por deixar a administração da capital, que hoje vive um drama devido à pandemia.

“O próximo prefeito vai enfrentar sérias dificuldades nos próximos anos pós-pandemia e esse desgaste Hildon Chaves não gostaria de pegar para não dificultar uma possível candidatura ao governo de Rondônia em 2022”, avalia a fonte.

Sim, ele tem pretensões pelo Palácio Rio Madeira. Hildon Chaves que estreou na política se elegendo prefeito, derrotando o favorito Mauro Nazif (PSB), teria sim disposição para disputar as eleições para governador. A fonte lembrou que Hildon Chaves poderá repetir a façanha do atual governador do Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) que era prefeito de Cuiabá, não saiu à reeleição e se elegeu governador no primeiro turno derrotando Pedro Taques (PSDB) em 2018. Durante o mandato de prefeito, a administração de Mauro Mendes foi aprovada por aproximadamente 80% da população cuiabana, sendo considerado um dos melhores prefeitos da capital.

Caso Hildon Chaves não saia à reeleição, o partido teria outro nome como o da deputada federal Mariana Carvalho que já tentou ser candidata anteriormente. Mas, no entanto, o ex-presidente da EMDUR, Tiago Tezzari (PSD), que se desincompatibilizou, poderia ser o nome de Hildon Chaves à sucessão dele. Tezzari goza de confiança e apoio do prefeito. O PSD de Tiago Tezzari é presidido pelo deputado federal Expedito Netto.

Se vai sair ou não, a resposta ainda está na cabeça do prefeito que deverá revelar até julho, período das convenções municipais.

Fonte: Mais RO

 

Facebook Comments