Hermínio faz suruba com dinheiro público

Hermínio faz suruba com dinheiro público
Hermínio faz suruba com dinheiro público

Mais uma peripécia do deputado estadual Hermínio Coelho (PSD-RO), que sempre usa a tribuna da Assembleia Legislativa de Rondônia para acusar o governador. Além de contratar fantasmas quando era presidente da Casa e fazer suruba com dinheiro público, , o boquirroto fez pagamento de R$ 500 mil para entidade, cuja responsável trabalha no gabinete dele.

Em dezembro de 2014, o Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Centro de Atividades Judicais – CAEJ e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Grupo Organizado – GAECO deflagrou a Operação Zagreu.

Os promotores em investigação constataram a existência de sólida e articulada associação criminosa instalada nos Poderes Executivo e Legislativo, com o propósito de desviar verbas do erário, mediante o direcionamento de emendas parlamentares para entidades do terceiro setor, utilizadas como laranjas.

Todos sabem que os deputados com estas emendas ajudam entidades de suas bases eleitorais, buscando o fortalecimento de seus mandatos. Outros, fraudam processo para aferir lucro do erário. Mas os parlamentares preferem dividir bem o dinheiro, fazendo várias pequenas doações para atingir o máximo de eleitores. Um tanque de resfriamento de leite para uma associação, implementos agrícolas para outro, veículos também estão na lista das ‘coisas’ mais doadas.

docA equipe do Rondoniaovivo fez um levantamento de emendas dos deputados estaduais em busca de possíveis investigados, já que o MP não declinou o nome dos parlamentares suspeitos. Pelos valores de emendas, uma chamou a atenção por ser grande valor para uma única entidade, fugindo da média de doação de parlamentar por entiO recurso público foi destinado em projeto para compra de matérias de consumo e prestação de serviços, dando continuidade ao projeto filantrópico Aprendendo a Empreender em Guajará Mirim e Porto Velho.Em uma só canetada, em 2013, o ex-presidente a Assembleia legislativa. Deputado Herminio Coelho (PSD) enviou para a ASBAMGUAMA – “Associação beneficente de Assistência Médica e Social as populações ribeirinhas do vale do Guaporé e Mamoré da Amazônia ocidental”, a quantia de quinhentos mil reais (R$500.000,00).

Em Guajara Mirim, onde funciona a Asbamguama, o Rondoniaovivo encontrou uma entidade fechada, que no momento não estava aplicando os cursos de corte e costura, confecção de bolos e feitura de doces tipo brigadeiro.

Em conversa com a presidente da Associação no portão de sua casa, veio uma revelação assustadora. De acordo com a Ivone Ferreira Paiva (Loura), uma diretora da entidade é a pessoa certa para falar sobre os projetos da Asbamguama. Só que a referida diretora não fica em Guajara Mirim. Ela reside e trabalha em Porto Velho e é quem intermedia as negociações politicas para conseguir o convênio.

Segundo a presidente da entidade, a diretora dona Avanilde, mais conhecida como Branca, trabalha na Assembleia legislativa de Rondônia, no gabinete do então presidente Herminio Coelho. Ou seja, a maior emenda de seu mandato, Hermínio Coelho entregou para uma assessora sua, do seu próprio gabinete. Uma ação legal, porém com grande dose de imoralidade. Logo para a assessora de confiança foi dada a maior emenda?

Longe de levantar suspeitas sobre a licitude do trabalho da Asbamguama e das referidas representantes da entidade, mas é necessária uma investigação do MP sobre as prestações de contas da entidade, já que meio milhão de reais é muito dinheiro para realizar cursos de bolo, salgados e docinhos entre outros.

O fato da principal diretora da Asbamguama ser funcionaria de Herminio já aconselha ao aprofundamento das investigações da operação Zagreu.

OUTROS B.O.s do Deputado

Herminio já responde processo de improbidade administrativa por ter fraudado o contrato de publicidade da Camara de vereadores de Porto Velho. (saiba aqui).

O parlamentar também é investigado pela ‘cara de pau’ de requisitar diárias para conhecer o poder legislativo acreano, quando na verdade, utilizou carro público e seguranças para ir a Cobija na Bolivia fazer compras em período que antecedia o natal. (Saiba Aqui). Veja video:

 

Mais RO com Rondoniaovivo/ Paulo Andreoli

Facebook Comments