Heitor Costa espera retomada das obras no CT

89164_horizontalO presidente da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER), Heitor Costa, acompanhou o presidente em exercício da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Antônio Carlos Nunes, durante visita ocorrida na terça-feira ao Centro de Treinamento que foi construído em Belém como parte do Legado da Copa do Mundo de 2014. O presidente da entidade maior do futebol rondoniense destacou as instalações e a estrutura deixada e reafirmou que a retomada das obras do C.T de Porto Velho deve acontecer logo após a eleição da Fifa, marcada para dia 26 de fevereiro.

“Estamos na expectativa de que a obra do nosso Centro de Treinamento seja retomada após das eleições da Fifa. Com esse processo de mudança as atividades foram paralisadas, mas estamos tranquilos, com a certeza de que estejamos novamente com as máquinas em atividades o mais breve possível. Fomos convidados pelo presidente interino da CBF para conhecer as instalações do Centro de Treinamento construído em Belém e constatamos praticamente a mesma estrutura que será levada para Porto Velho”, ressaltou.

Além de Heitor Costa, o presidente em exercício da CBF recebeu nas dependências do CT a secretária de Esporte e Lazer do Pará, Renilce Nicodemos Lobo, a diretora do Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), Cláudia Moura, além de assessores.

Em Porto Velho, a área destinada para a construção do Centro de Treinamento do Legado Fifa localizado em frente à Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Heitor ressalta que o C.T será voltado para a inclusão social de crianças e adolescentes por meio do esporte.

COPA VERDE

O presidente da entidade maior do futebol rondoniense está na capital paraense e na tarde desta quarta-feira participará do lançamento oficial da Copa Verde, que acontece no hotel Crowne Plaza Belém. Este ano, a competição terá o Genus como representante de Rondônia na disputa pelo título. A cerimônia de lançamento terá a participação de clubes, federações estaduais e entidades governamentais. Na ocasião, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentará o hino da competição e os detalhes das ações sustentáveis.

A Copa Verde deste ano vai ficar marcada pelo que acontecer dentro de campo, mas seu lugar na história já está reservado, antes mesmo de a bola rolar. Esta será a primeira competição carbono zero do futebol brasileiro, com um pacote de iniciativas sustentáveis e compensação de todo o CO2 emitido durante o campeonato, organizado pela CBF.

Fonte: Assessoria – FFER

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Facebook Comments