Dois delegados de Los Angeles estão lutando por suas vidas depois de terem sido baleados várias vezes à queima-roupa em uma emboscada, no sábado (12/9), disseram as autoridades.

Multidões de manifestantes bloquearam a entrada do Centro Médico St. Francis em Lynwood, onde os policiais feridos estavam em estado crítico, disse a polícia.

Alguns manifestantes gritaram “esperamos que eles morram”, disse o gabinete do xerife do condado de Los Angeles no Twitter.

Uma testemunha disse à ABC7 que alguns membros Antifas tentaram invadir a sala de emergência do hospital.

O tiroteio aconteceu por volta das 19h de sábado (12/9) na estação Metro Blue Line na Willowbrook Avenue e Compton Boulevard, não muito longe da estação do xerife de Compton.

O departamento do xerife do condado de Los Angeles compartilhou o vídeo do incidente em uma postagem no Twitter, que mostra uma pessoa atirando pela janela em direção a uma viatura.

O departamento tuitou: “Momentos atrás, dois de nossos policiais foram baleados em Compton e transportados para um hospital local. Ambos ainda estão lutando por suas vidas, então, por favor, mantenha-os em seus pensamentos e orações.”

“O atirador se aproximou dos policiais e abriu fogo sem aviso ou provocação”, acrescentou o departamento. O suspeito continua foragido, acrescentou.

O xerife Alex Villanueva disse, em uma entrevista coletiva, que uma policial de 31 anos e um policial de 24 anos foram operados na noite de sábado (12/9) e permanecem em estado crítico.

A policial é mãe de um menino de 6 anos, disse Villanueva. Ambos os policiais se formaram na academia há 14 meses, acrescentou.

Os policiais do Departamento de Serviços de Trânsito estavam estacionados ao lado da 101 East Palmer, em frente à estação, quando o suspeito se aproximou “por trás”, disse o capitão Kent Wegner. Ele disse que os policiais estavam voltados para o sul e que o atirador vinha do norte.

“Foi um ato covarde”, disse Villanueva. “Os dois policiais estavam fazendo seu trabalho, cuidando da própria vida, zelando pela segurança das pessoas no trem.”

Ele acrescentou: “Ver alguém simplesmente se aproximar e começar a atirar neles. Isso me irrita. Ao mesmo tempo, me assusta. Não há uma maneira bonita de dizer isso.”

Vídeos postados nas redes sociais mostraram um grupo de manifestantes se reunindo em frente ao hospital para onde os policiais feridos foram levados.

Outros vídeos mostram o grupo sendo confrontado por policiais do lado de fora do hospital quando tentam entrar.

Em um tuíte na noite de sábado, o departamento do xerife disse que os manifestantes estavam bloqueando a entrada e saída do hospital onde os policiais feridos estavam.

“Aos manifestantes que estão bloqueando a entrada e saída da sala de emergência do hospital, gritando: “esperamos que morram”, referindo-se a 2 xerifes de LA emboscados hoje em #Compton: não bloqueie as entradas e saídas de emergência para o hospital”, disse o tuíte. As vidas das pessoas estão em risco quando as ambulâncias não conseguem passar.”

O departamento do xerife disse mais tarde que os policiais emitiram uma ordem de dispersão para a reunião ilegal de um grupo de manifestantes bloqueando a entrada e as saídas de emergência do hospital.

“Um manifestante do sexo masculino recusou-se a obedecer e cooperar”, disse o departamento. “Durante sua prisão, ocorreu uma luta em que uma mulher correu em direção aos policiais, ignorou repetidas ordens para ficar para trás enquanto eles lutavam com o homem e interferiu na prisão.”

A mulher, uma jornalista local, “não se identificou como jornalista e mais tarde admitiu que não possuía credenciais de imprensa adequadas sobre sua pessoa”, segundo o departamento do xerife. O homem e a jornalista foram presos.

Como solução para constantes atos terroristas do movimento Antifas, o jornalista Allan dos Santos comentou, em seu Twitter, uma solução plausível e necessária: a Lei da Insurreição de 1807. “Insurrection Act é uma lei federal dos EUA que autoriza o Presidente a usar tropas militares e federalizadas da Guarda Nacional nos EUA em circunstâncias específicas, como para suprimir a desordem civil, insurreição e rebelião”, lembrou o jornalista.

https://twitter.com/allanldsantos/status/1305329065780482048

Fonte: Terça Livre

Facebook Comments