Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Candeias do Jamari, região metropolitana de Porto Velho, iniciaram nesta terça-feira (15) uma greve por tempo indeterminado.

De acordo com a categoria, os 45 trabalhadores aderiram ao movimento grevista porque estão há três meses com os salários atrasados. Eles também reclamam das péssimas condições na frota.

De acordo com a categoria, os 45 trabalhadores aderiram ao movimento grevista porque estão há três meses com os salários atrasados. Eles também reclamam das péssimas condições na frota.

Com a greve, os moradores de Candeias do Jamari não conseguem se deslocar até Porto Velho usando o transporte público.

Uma decisão judicial publicada na segunda-feira (14) determina que a empresa Nova Rio Candeias apresente, em até cinco dias, os comprovantes de pagamentos dos salários dos motoristas e cobradores de Candeias.

Fonte: G1

Facebook Comments