Governo lança 36ª Campanha contra a Febre Aftosa

1-governador-aftosa-vale-anari-370x245O governo do Estado, através da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) lançou a 36ª campanha de combate à febre aftosa em solenidade realizada neste sábado, 12, em Vale do Anari. Com um rebanho que ultrapassa 12 milhões de cabeça de gado, Rondônia está entre os sete primeiros na colocação de maior rebanho nacional. A campanha foi oficialmente aberta pelo governador Confúcio Moura.

 

1-lançamento-aftosa-370x245Com um período que vai de 15 a abril a 15 de maio para a vacinação, e até 22 de abril para a declaração nas agências Idaron, os criadores de bubalinos e bovinos, deverão estar alertas ao período da campanha para não serem penalizados com multas e afins, como declarou o veterinário Murilo Freitas, que é fiscal estadual de Defesa Sanitária. “O valor da multa gira em torno de $125,72, caso o produtor não adquira a vacina até o dia 15 de novembro, e o produtor que adquirir a vacina, mas não comparecer ao Idaron para o registro poderá receber multa de R$ 125,72 por propriedade”.

1-henrique-370x245Na solenidade, que contou com a presença do governador Confúcio Moura e de prefeitos da região, o presidente da Idaron, Marcelo Henrique Borges, disse que a agência rondoniense é referência no Brasil. Lembrou que esta nova etapa da campanha é “mais um passo para que o Estado de Rondônia continue sendo considerada uma grande potência do agronegócio nos cenários nacional e internacional”.

O presidente do Idaron falou de esforços conjuntos para a realização de mais uma etapa da campanha; usou como exemplo a semana de trabalho para o lançamento oficial em Vale do Anari, com a capacitação de criadores para o processo de vacinação, palestras e demais orientações. Uma campanha só é bem realizada quando somamos esforços. Aqui hoje temos um governo empenhado, prefeitura parceira, equipe da Idaron alinhada com a meta, junto com Seagri e Emater. “Agora é o compromisso do produtor, que precisa contribuir para que Rondônia continue referência de estado forte e produtivo”. A etapa da campanha tem a meta de vacinar cinco milhões de animais com idade de 0 a 24 meses.

Fabiano Alexandre, gerente de Defesa Sanitária da Idaron destacou que durante o ano de 2013, o Estado exportou mais de $1 bilhão de dólares somando todos os setores, tendo carnes e grãos atingido mais de 80% deste percentual, segundo ele com esta meta alcançada devido à qualidade dos produtos. “E esta produção representa 43% do PIB do estado”, finalizou.

Regularização Fundiária Rural

1-padovani-370x245A solenidade realizada em Vale do Anari foi marcada pela entrega de 45 novos títulos, contemplando famílias de Vale do Anari, Theobroma e Cujubim. Os títulos foram entregues pelo governador Confúcio Moura e pelo secretário de Seagri, Evandro Padovani.

O secretário lembrou que no ano de 2013 foram entregues pelo governo de estado 6 mil títulos rurais, sendo esta uma das principais realizações do governo para ajudar a redução dos conflitos rurais, e dar ao homem do campo segurança da terra onde vive. “Nesta etapa, que contempla o mês de abril serão 760 títulos, todos já devidamente prontos para serem entregues às famílias rurais”.

1-sidnei-lopes-370x245Sidnei Lopes dos Santos e Solange Cintia dos Santos, casados há 10 anos, tem dois filhos e estavam no evento por dois motivos: receber orientação de vacinação do gado e receber das mão do governador o título de sua propriedade. “Tudo melhora, garantia para poder investir. Nossa única produção é a de leite. Podemos expandir nosso cultivo. Agora nossa família tem uma garantia, nossos filhos vão poder crescer com a garantia de um futuro”.

Encerrando o evento, o prefeito de Vale do Anari, Nilson Japonês, agradeceu ao governo do estado pelos recursos destinados ao município. Foram cinco quilômetros de asfalto, limpeza e conservação de estradas rurais e também limpeza da cidade.

A solenidade contou ainda com a presença do senador Valdir Raupp; deputada federal Marinha Raupp; deputados estaduais Zequinha Araújo e Edson Martins; secretária regional Nádia Eulália, e de lideranças locais.

Facebook Comments