O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), retoma gradativamente as consultas e cirurgias oftalmológicas na Zona da Mata (Cacoal, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, São Felipe do Oeste, Primavera de Rondônia e Ministro Andreazza), com a cidade polo, sendo Cacoal, dando continuidade ao Projeto Enxergar, para zerar a fila de espera por esses procedimentos.

“Estamos trabalhando de forma que esses atendimentos sejam retomados sem que ofereça risco aos pacientes, afinal a pandemia não acabou, porém sentimos a necessidade de voltar com alguns atendimentos, inclusive o de oftalmologia”, disse o secretário de saúde, Fernando Máximo.

Os atendimentos iniciaram no último dia 12, realizando consultas com médicos oftalmologistas para possível encaminhamento de cirurgia de catarata e pterígios. Com uma estimativa de realizar em torno de duas mil cirurgias oftalmológicas, no período de 60 dias, atendendo 10 pacientes pela manhã e 10 pela tarde, respeitando os requisitos de distância e aglomerações de pessoas, sendo adotadas todas as medidas de barreira e distanciamento social, exigido pelo órgãos de controle. “Após esse período vamos verificar os pacientes que ainda estão na lista de espera, para desenvolvermos uma nova ação, e atender os que não foram contemplados nesse primeiro momento”, destacou o coordenador da oftalmologia, Richael Costa.

Inicialmente, os atendimentos oftalmológicos irão beneficiar a população da região da Zona da Mata (Cacoal, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste, São Felipe do Oeste, Primavera de Rondônia e Ministro Andreazza) e os municípios de Costa Marques, Seringueiras e São Francisco. No Vale do Guaporé, serão contemplados cerca de 1.042 pacientes, que após avaliação, possivelmente irão fazer cirurgias de catarata e pterígios.

Fonte: Secom

Facebook Comments