Governador, prefeito e deputados participam do Bazar da Solidariedade da Pestalozzi em PVH

As principais autoridades do Estado prestigiaram a abertura do Bazar da Solidariedade, promovido pela Associação Pestallozi

Na manhã deste sábado, no SESI na Av. Rio de Janeiro em Porto Velho, foi realizada a abertura oficial do Bazar da Solidariedade para arrecadação de fundos à Associação Pestallozi e outras instituições afins. O megaevento, que tem como idealizador o procurador da República Reginaldo Trindade, contou com a inédita presença, neste tipo de evento, de chefes dos Poderes, estadual, municipal e representantes da bancada federal no Congresso Nacional.

Participaram da abertura, além de Reginaldo Trindade e da presidente da Associação Pestalozzi, Sra. Margarida Rocha, o governador Marcos Rocha, o presidente do Tribunal de Contas conselheiro Edilson Silva, o prefeito da Capital Hildon Chaves, representando a Câmara de Vereadores vereador Pastor Sandro, representante da bancada federal o deputado Léo Moraes, além de várias outras autoridades.

Também prestigiaram o evento diversas personalidades da sociedade portovelhense, do mundo empresarial, sociedade civil organizada, imprensa, políticos, dentre outras. O Bazar da Solidariedade, em apoio às ações da Associação Pestalozzi, foi um projeto que começou de forma modesta há quase um ano, ao longo dos meses, aos primeiros voluntários, somaram-se centenas de parceiros que, juntos, construíram aquele que certamente entrará para história local como um dos maiores eventos de solidariedade já realizados em Porto velho.

Praticamente todos os órgãos públicos estaduais, com destaque especial à Assembleia Legislativa, governo de Rondônia e judiciário apoiaram a iniciativa. Instituições filantrópicas, igrejas, imprensa, entidades de classe e inúmeras empresas de todo o Estado, além de milhares de voluntários anônimos contribuíram decisivamente doando e coletando produtos, disponibilizando estruturas e pessoas para ajudar na organização prévia e nos diversos trabalhos durante a realização do Bazar da Solidariedade.

O evento, realizado no SESI, na Av. Rio de Janeiro, funcionará até às 22 horas, com vendas de mais de 25 mil itens, shows, apresentação de danças, teatro, dentre outros. Empolgado com o enorme sucesso do evento, o Procurador da República Reginaldo Trindade, idealizador do Bazar da Solidariedade, que adotou o bordão do projeto a frase “O amor é contagiante. Permita-se contagiar também”, fez um emocionado discurso de abertura, ressaltando o trabalho da Associação Pestalozzi, agradecendo à coordenação do evento, às autoridades presentes e, principalmente, a população que compareceu massivamente ao evento.

Confira abaixo o discurso do Procurador da República Reginaldo Trindade, idealizador do BAZAR DA SOLIDARIEDADE.

O AMOR ME CONTAGIOU

Um provérbio africano, constantemente citado pelo saudoso Dom Moacir Grechi, diz que pessoas comuns, em lugares simples, conseguem fazer coisas extraordinárias.

Nessa jornada pela causa do AMOR, tão acidentada que poucos aqui podem imaginar, a esperança e determinação não permitiram que o sublime propósito que congregava tantos perecesse.

Momentos singulares assim fornecem lições para a vida inteira.

Uma delas deveria inundar nossos corações sempre que estivéssemos diante de qualquer desafio, por maior que fosse: quando você está imbuído de um bom propósito, um propósito de Deus, o universo parece conspirar para que tudo dê certo.

Se alguém perguntasse como poucas pessoas conseguiram contagiar tantos e transformar uma ideia pitoresca na já certamente mais célebre corrente do bem a congregar todos na Capital das Terras de Rondon, responderia numa única palavra: AMOR!

Só o AMOR une tantas pessoas. Só AMOR suplanta dificuldades pretensamente intransponíveis. O AMOR colore nossas vidas mesmo diante da tempestade mais cinzenta. O AMOR perdoa – até mesmo os crimes mais hediondos. Resgata-nos e nos redime da pior treva. O AMOR rompe barreiras, afronta dogmas, desdenha fórmulas e ritos que escravizam tantos. O AMOR liberta!

As pessoas pensam que apenas ricos e abastados devem ser solidários, mas isso não é verdade. Caridade não vem do bolso, mas do coração – disse-o um homem de Deus, uma das milhares de pessoas de bem que estiveram conosco nessa caminhada.

À semelhança, não se ajuda as pessoas apenas com dinheiro. Ao contrário, onde há tanta escassez de AMOR, um sorriso sincero e um abraço amigo podem trazer mais alento que a riqueza de Salomão.

Nessa vida de desamor, nós privamos as pessoas queridas do que elas mais anseiam e necessitam: nosso tempo! Cada vez mais celulares e eletrônicos disputam e vencem a atenção dispensada a parentes e amigos.

O êxito alcançado neste esfumaçado dia, coroando esforços de tantos e dando esperança a muitos outros mais, deveria contrapor o ceticismo de todos aqueles que ainda ousam duvidar de nossa humanidade.

Deveria existir uma PESTALOZZI dentro de cada um de nós.

Que o BAZAR DA SOLIDARIEDADE seja a evidência a nos inspirar a todos. Que essa atmosfera contagiante seja o combustível que faltava!

A fórmula do sucesso é assustadoramente simples. Quem me ensinou foi uma jovem e apaixonada vereadora do interior: Não coloque limites em seus sonhos. Coloque fé!

Muito obrigado.

Quadra do SESI, Porto Velho, Rondônia, Brasil
17 de Agosto de 2019

REGINALDO TRINDADE
Procurador da República
Idealizador do BAZAR DA SOLIDARIEDADE

Assessoria.

Facebook Comments