No início da tarde desta quarta-feira (19), funcionários da Gol Linhas Aéreas promoveram um protesto pacífico na área de embarque do Aeroporto Internacional Jorge Teixeira em Porto Velho (RO). O manifesto é contra a decisão unilateral do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA) que não apresentou a proposta de reestruturação de emergência da empresa em votação dos sindicalizados.

De acordo com o funcionário que não quis ser identificado, o sindicato não aceitou a proposta da empresa que trouxe a possibilidade de reduzir as horas trabalhadas para a manutenção dos empregos.

“A tomada de decisão injusta e parcial não beneficiará os trabalhadores da companhia. Pelo contrário, provocará demissões em massa, principalmente daqueles que tem menos tempo de casa. Temos o direito de analisar a proposta que nosso contratante fez, bem como escolher e votar aquilo que é conveniente para a coletividade. Visamos o bem das famílias que dependem do exercício da profissão para seu sustento. Não podemos nos calar diante dessa decisão tendenciosa do sindicato”, lamentou o trabalhador.

Em nota divulgada pela Direção do SNA, a empresa estaria impondo condições inaceitáveis, como Acordo Coletivo de Trabalho que não apresenta garantia de empregos entre outros prejuízos aos sindicalizados e orienta ainda que categoria a não assinar acordo individual.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments