Frente Democrática deve bater o martelo em torno de Vinícius Miguel para governo, Anselmo de vice e Daniel Pereira para o Senado

0
405
Frente Democrática terá Vinícius Miguel candidato ao governo

PORTO VELHO- Prego batido, ponta virada. Embora uma ala discorde, a maioria petista deverá aceitar ser camarão, em nome da eleição de Lula. Ou seja, o PT de Rondônia abrirá mão pela primeira vez, da cabeça nas eleições majoritárias. Em uma reunião tensa na noite de ontem, sexta-feira, em Porto Velho, a Frente Democrática composta pelos partidos PT, PSB, PCdoB, Solidariedade, Rede e PV, discutiu e decidiu que o advogado e professor Vinícius Miguel (PSB) será mesmo o candidato ao governo de Rondônia, tendo Anselmo de Jesus (PT), como vice. O ex-governador Daniel Pereira (Solidariedade) será o candidato ao Senado. O PT tinha indicado Ramon Cujuí para o Senado, mas o nome de Daniel Pereira prevaleceu. Durante a reunião, o nome do deputado federal Mauro Nazif (PSB) também foi lançado como pré-candidato ao Senado, mas o PSB já tem um candidato ao governo pela Frente Democrática, sendo descartada, portanto, essa possibilidade.

Além de compor como vice, o PT lançará uma forte nominata de candidatos a deputado federal e estadual. PCdoB, Rede e PV também lançarão apenas candidatos proporcionais. O PSOL se retirou da frente e deverá lançar candidato próprio ao governo.

A decisão deverá ser homologada na próxima reunião no dia 28 de maio. Essa composição atente aos objetivos do PT nessas eleições que é eleger Lula presidente e uma bancada federal robusta para dar sustentação ao futuro presidente, cotado para vencer, segundo as pesquisas.

Do Mais Rondônia